Notícias

Governo japonês oficializa nesta sexta a data de abdicação do imperador

Príncipe Naruhito e imperador Akihito | Foto: Jiji Press / Casa Imperial

Governo e Casa Imperial ainda precisam decidir o nome da nova era sob o império de Naruhito.

Atualizado em 06/12/2017 – 09h53


O governo do Japão deverá oficializar na próxima sexta-feira (8) a data de abdicação do imperador Akihito, marcada para 30 de abril de 2019, informou nesta terça-feira (5) a imprensa local.

Em uma reunião realizada hoje em Tóquio, o ministro chefe de gabinete e porta-voz do governo japonês, Yoshihide Suga, informou de forma oficial ao gabinete sobre a data escolhida pelo Conselho da Casa Imperial na semana passada, de acordo com a emissora pública ‘NHK’.

Suga disse que o governo irá trabalhar de acordo com as decisões do conselho e oficializar a data sugerida na reunião do Gabinete programada para esta sexta-feira.

Falando à imprensa, o ministro porta-voz lembrou que, por se tratar da primeira abdicação da história constitucional do Japão, “há vários preparativos que devem ser feitos”, adiantou a ‘NHK’.

De acordo com a ‘Jiji Press’, entre as atribuições estão a escolha de um nome para a nova era – o que é amplamente esperado pela população japonesa – e a definição do quadro responsável pela assistência ao imperador após sua abdicação, o que implica em uma nova residência, já que o Palácio Imperial em Tóquio será a morada do príncipe herdeiro Naruhito que, após a nomeação do mesmo ao Trono do Crisântemo, será referido como “imperador Naruhito”.

Suga acrescentou que o governo irá fazer tudo o que estiver ao alcance para que esse processo e a entronização do príncipe herdeiro ocorram sem percalços, adiantou a ‘NHK’.

Do Mundo-Nipo
Fontes: NHK | Jiji Press.

» Veja mais notícias sobre a Família Imperial do Japão

Comentários