Notícias

Polícia japonesa procura dono de mais de R$ 1 milhão achado no lixo

Foto: Arquivo/Aflo Images

A “fortuna” foi encontrada pelo funcionário de uma empresa de reciclagem na cidade de Numata.

A polícia da cidade de Numata, na província de Gunma, sul do Japão, está procurando o dono de mais de 42 milhões de ienes, equivalente a R$ 1,166 milhão, encontrados por uma empresa local de reciclagem de lixo, informou a imprensa japonesa.

De acordo com o jornal ‘The Asahi Shimbun’, o dinheiro foi encontrado na última terça-feira (4) por um funcionário da empresa. O trabalhador, de 63 anos, encontrou a “fortuna” enquanto separava o lixo que estava em um caminhão de coleta.

A empresa explicou à emissora pública ‘NHK’ que “um total de 42,51 milhões de ienes foram encontrados em meio ao lixo que foi coletado de residências e órgãos públicos na cidade de Numata”.

Assim que o dinheiro foi encontrado, a empresa o encaminhou até a delegacia local, onde investigadores estão tentando encontrar o dono da abastada quantia.

De acordo com a lei japonesa, o dinheiro ficará em poder da polícia até que o dono apareça para resgatar o montante num prazo máximo de três meses a partir do dia em que o dinheiro foi encontrado. Contudo, o dono terá que apresentar documentação que comprove sua propriedade.

Caso ninguém reivindique o montante até o término desse prazo, o dinheiro será repassado à pessoa ou instituição que encontrou o dinheiro.

Além disso, mesmo que o dono apareça, é comum no Japão pagar cerca de 10% de recompensa a quem encontra dinheiro perdido, podendo ainda ser combinado um valor maior entre as duas partes.

Isso quer dizer que, na pior das hipóteses, o funcionário de 63 anos poderá receber uma recompensa de 4,251 milhões ienes, cerca de R$ 118 mil, relativos aos 10% do total encontrado.

Comentários