Notícias

Tufão Noru já faz 2 mortos e 9 feridos no sul do Japão

Tufão Noru (Foto: Satélite JMA)

O tufão deixou 15 mil casas sem luz, interrompeu serviços de trens e fechamento de estradas em Kyushu.

O tufão Noru, quinto da temporada no Pacífico e responsável pela maior tempestade do ano, está se aproximando neste domingo (6) das principais ilhas do Japão. Antes mesmo de tocar terra, o fenômeno já fez dois mortos e nove feridos na região de Kyushu, terceira maior ilha do arquipélago japonês, onde também já foram emitidos alertas de evacuação para mais de 200 mil pessoas.

Após mais de duas semanas vagando pelo oceano e várias mudanças em sua trajetória, o imprevisível e potente Noru roçou hoje o extremo sul de Kyushu, segundo informou a Agência Meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês).

De acordo coma emissora pública ‘NHK’, as duas vítimas fatais da tempestade são uma mulher, de 67 anos, que sofreu uma queda na localidade de Yakushima e um pescador, de 84 anos, encontrado afogado perto de sua embarcação em um porto de Minamitame. Nove ficaram feridas, confirmaram as autoridades locais.

A ilha de Amami, que fica no sudoeste do país, na região de Kyushu, foi violentamente afetada por chuvas e ventos fortes no sábado e no início deste domingo, deixando pelo menos uma estrada com graves danos e provocando um conjunto de deslizamentos de terra.

De acordo com a agência ‘EFE’, o tufão avança a cerca de 25 quilômetros por hora em direção nordeste atravessando durante o dia a ilha de Kyushu, até chegar na segunda-feira à região de Shikoku e ao sul da ilha de Honshu, a principal do Japão, segundo a JMA.

A agência meteorológica declarou alerta nestas regiões por causa dos ventos de até 126 quilômetros por hora do tufão e devido às precipitações de mais de 100 milímetros por hora registradas nas cidades de Kagoshima e Miyazaki.

O tufão também causou o cancelamento de serviços ferroviários regionais e o fechamento de estradas na região de Kyushu, deixando sem luz cerca de 15 mil casas em Kagoshima, destaca a ‘EFE’.

Os avisos de evacuação afetaram pelo menos 210.000 pessoas em Kyushu, disse a Agência de Gerenciamento de Incêndios e Desastres, segundo a agência ‘Kyodo’. Às 17h00 locais, porém, havia moradores que foram transportados  para Kagoshima, na ponta mais ao sul da ilha, de informou o o governo de local.

O Noru se manifestou como depressão tropical no dia 20 de julho no Pacífico Norte, onde se desenvolveu até chegar a ser um “supertufão”, até evoluir para sua categoria atual de “forte”, segundo a JMA.

Comentários