Notícias

Vendas de automóveis do Japão caem 11,4% em abril

As vendas domésticas retraíram pela primeira vez em oito meses.

Do Mundo-Nipo

As vendas domésticas de automóveis no Japão retraíram pela primeira vez em oito meses, registrando queda de 11,4% em abril ante ao mesmo período do ano anterior, afirmou a Japan Automobile Dealers Association (JADA), que representa os distribuidores do setor.

A associação disse que o resultado é reflexo do aumento do imposto sobre vendas que entrou em vigor em 1º de abril. No mês anterior houve uma grande demanda, com consumidores empreitando uma verdadeira corrida às lojas em antecipação à elevação da taxa do imposto sobre o consumo, de 5% para 8%.

As vendas de veículos novos, que incluem carros, caminhões e ônibus, totalizaram 188.864 unidades. Por outro lado, os miniveículos tiveram vendas recorde.

O mercado de automóveis no Japão, que é o terceiro maior do mundo, atrás somente de China e dos Estados Unidos, vinha desfrutando de aumentos de dois dígitos nos últimos oito meses, com compradores abocanhando itens caros até o final do mês de março.

Entretanto, Japão viu uma demanda otimista com os miniveículos (carros leves com motores de 660 cc ou menos).  Um relatório separado da Japan Light Motor Vehicle mostrou que as vendas de miniveículos subiram 2,9%, para um recorde de 156.362 unidades em abril. Fonte: Jornal Nikkei.

 

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*