Notícias

Indicador “chave” da economia japonesa sobe pelo 2º mês seguido

Foto: AJW Images

O crescimento do índice é devido à melhora na demanda por automóveis e eletrodomésticos em julho.

O índice coincidente composto do Japão, que é considerado “indicador chave” por medir as condições atuais da economia no país, subiu 0,7 pontos em julho ante o mês anterior, marcando o segundo aumento mensal consecutivo, informou o Escritório do Gabinete Japonês (Cabinet Office), ressaltando que o avanço é devido, em grande parte, a uma significativa recuperação na demando do setor automobilístico.

Em julho, o índice situou-se em 112,8 pontos contra a base de 100 estabelecida em 2010, de acordo com o relatório preliminar divulgado nesta quarta-feira (7).

Segundo o Gabinete do Governo, a melhora na venda de automóveis, tanto no consumo interno como os embarques foi o maior responsável pela alta do indicador em julho. O órgão acrescentou que o aumento na demanda por produtos eletrodomésticos, principalmente geladeiras e aparelhos de ar condicionado durante o verão, contribuiu para o resultado positivo.

Apesar de alavancar crescimento pelo segundo mês consecutivo, o governo japonês manteve sua avaliação básica do índice inalterada, dizendo que “a economia está em pausa”, ou seja, estagnada.

O índice coincidente composto é considerado o “indicador chave” da economia japonesa. Ele é calculado usando como base a análise de uma série de dados, tais como indicadores da produção industrial, emprego e gastos dos consumidores.

Com Agência Kyodo

Comentários