Notícias

Apartamentos de prédio residencial mais alto do Japão podem custar US$ 3,1 milhões

Ainda em construção, o “Park House Nishi Shinjuku Tower 60” será o primeiro prédio residencial no Japão a atingir 60 andares.

Do Mundo-Nipo

Ainda em construção, o “Park House Nishi Shinjuku Tower 60” será o primeiro prédio residencial a atingir 60 andares no Japão.

Park House Nishi Shinjuku Tower 60 (Foto: Divulgação) 

Park House Nishi Shinjuku Tower 60 (Foto: Divulgação)

 

O “Park House Nishi Shinjuku Tower 60”, que está sendo erguido para se tornar o primeiro prédio residencial do Japão a atingir 60 andares, terá apartamentos de até 209 metros quadrados e serão vendidos a partir de janeiro de 2015. Mas morar nesse prédio que proporcionará a mais alta vista residencial da cidade de Tóquio é um privilégio para poucos afortunados, já que o preços dos apartamentos variam entre 70 e 350 milhões de ienes (cerca de US$ 610 mil e US$ 3,1 milhões).

Japão mantém normas rígidas de prevenção à terremotos, o que impede a construção de edificações altas em certas localidades, portanto, morar em arranha-céus no país pode se tornar difícil e uma experiência financeira bastante onerosa.

A torre de 60 andares está sendo construída a 1,2 quilômetros da estação de Shinjuko, considerada a mais movimentada do mundo. Os seus 954 apartamentos serão entregues em julho de 2017.

Apesar do preço salgado, a notícia é excelente para aqueles que podem pagar para morar em um edifício alto no Japão, uma experiência que pode ser maravilhosa pela vista privilegiada, mas também assustadora, já que o balanço dos constantes terremotos podem tirar todo o glamour de se morar nas alturas.

Fontes: IPC Digital / Japan Property Central.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário


*