Notícias

Tóquio tem dia mais quente do ano, diz agência

Pedestres procuram sombra das árvores no distrito de Ikebukuro, em Tóquio (Foto: Reprodução/Asahi)

Sessenta localidades em todo o Japão marcaram temperaturas com máximas a partir de 35°C.

A cidade de Tóquio, capital do Japão, teve nesta quarta-feira (9) o dia mais quente do ano, registrando temperatura acima de 37°C, informou o jornal The Asahi Shimbun citando a Agência Meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês) como fonte.

De acordo com a publicação, as temperaturas subiram no em uma ampla área do arquipélago japonês, principalmente no lado do Oceano Pacífico, onde várias localidades registraram temperaturas elevadas.

A JMA explicou que a alta temperatura nessa parte do país é por conta de uma massa de ar quente em consequência da passagem do tufão Noru, 5º da temporada no Pacífico este ano.

Nesta quarta-feira, os termômetros no centro de Tóquio atingiram máxima de 37,1°C, a mais alta temperatura registrada este ano na capital do país.

Ainda de acordo com o Asahi, sessenta localidades em todo o Japão também marcaram temperaturas com máximas a partir de 35°C.

Segundo a emissora pública ‘NHK’, o calor intenso deverá persistir no Japão até outubro, visto que o país passa por um dos mais quentes verão de sua história.

Mediante isso, a JMA, alerta para doenças provocadas pelo calor extremo, que pode até mesmo culminar em morte. O órgão pede para beber muito líquido, água e suco, usar roupas leves, sair com sombrinha e evitar passeios em áreas livres durante o período de pico do sol, que é entre 11h e 15 horas.

Autoridades locais reportaram um grande número de pessoas levadas a hospitais por conta do calor extremo, com registros de muitas internações prolongadas e dezenas de óbitos neste verão japonês.

Segundo especialistas, o calor favorece a desidratação, a hipoglicemia, altera a pressão e os batimentos cardíacos, fatores que podem provocar a morte de uma pessoa. Por isto, é preciso ter cuidado redobrado nesta época do ano.

Comentários