Notícias

Bolsa de Tóquio fecha em baixa após atingir recorde de 23 mil no dia

Foto: Nikkei

A Nissan perdeu 2,01% depois de anunciar que reduziu a previsão de lucro para o atual ano fiscal.

A Bolsa de Valores de Tóquio fechou em baixa nesta quinta-feira (9), segunda valorização consecutiva, pressionada por um pico de vendas de papeis no final da sessão depois de bater o recorde de 23 mil pontos na máxima da sessão, segundo informou o jornal financeiro ‘Nikkei’.

O principal índice do mercado financeiro em Tóquio, o Nikkei, recuou 45,11 pontos, ou baixa de 0,20%, aos 22.868,71 pontos, depois de bater os 23 mil pontos pela primeira vez em cerca de 26 anos. Na máxima do dia, o Nikkei chegou a 23.368,16 pontos.

A sessão de hoje foi marcada pela volatilidade até o início da tarde, quando as ações em Tóquio começaram a cair diante de uma disputa impulsionada por ganhos, o que estimulou a venda em massa por conta de temores de uma explosão da bolha de ativos, visto que o Nikkei atravessa seu melhor momento em quase 26 anos.

Contudo, a queda nesta sessão foi apenas a quarta nos últimos 27 dias úteis.

Entre as montadoras, a Nissan foi a única que viu suas ações desvalorizarem. A segunda maior fabricante de automóveis no Japão perdeu 2,01%, depois de anunciar na quarta-feira que reduziu a previsão de lucro operacional para o ano fiscal atual, que encerra em março de 2018.

A Japan Display e a varejista de eletrônicos Yamada Denki estavam entre as grandes empresas perdedoras nesta sessão.

Na contramão das perdas, a Minebea Mitsumi, a Isetan Mitsukoshi Holdings e a Shimizu abocanharam ganhos de 9,56%, 5,60% e 5,49%, respectivamente.

Do Mundo-Nipo
Fontes: Nikkei |Agência IN.

» Veja os fechamentos anteriores da Bolsa de Valores de Tóquio

Comentários