Notícias

Justiça japonesa condena menor a pena mínima de 9 anos de prisão

Foto: Aflo Images

O menor foi condenado por matar um menino de 13 anos em 2015. A criança foi encontrada com várias facadas no rosto e pescoço.

A Justiça japonesa condenou um menor à pena mínima de 9 anos de prisão por matar um menino de 13 anos, em fevereiro de 2015. O assassinado, que ocorreu em Kawasaki, na província de Kanagawa (leste), gerou grande repercussão no Japão.

O jovem, de 19 anos e que não teve o nome revelado por tratar-se de um menor de 20 anos, admitiu a acusação de que liderou o assassinato do menino. Ele foi ajudado por outros dois colegas, ambos com 18 anos e que estão sendo julgados separadamente.

A pena sentenciada pelo Tribunal Distrital de Kanagawa varia de nove a treze anos de prisão, isso porque o réu é menor e o tempo de detenção dependerá de seu comportamento, já que no Japão a maioridade chega somente aos 20 anos.

O corpo da vítima, Ryota Uemura, foi encontrado despido e com várias facadas, principalmente no pescoço e rosto. Na época, a imprensa local noticiou que a criança estava com o rosto praticamente desfigurado.

Filho de um pescador, Uemura morava em uma ilha na província de Shimane, no oeste do país. Até que, em julho de 2014, se mudou para Kawasaki, onde passou a morar em um apartamento com a mãe.

Testemunhas disseram à polícia que Uemura passou a andar na companhia de adolescentes mais velhos desde novembro de 2014. Houve ainda relatos de que a criança constantemente aparecia com hematomas no colégio. Pessoas próximas disseram que os “colegas” batiam em Uemura para forçá-lo a praticar furtos. A criança deixou de ir ao colégio a partir de janeiro de 2015.

Após o assassinato, o Conselho de Educação de Kawasaki investigou o colégio onde a criança estudava. A escola, no entanto, alegou que tentou entrar em contato com os responsáveis pelo aluno, mas somente após a criança ter deixado de frequentar as aulas, ignorando os sinais de violência claramente perceptíveis que o menino apresentava desde 2014.

(Com Agência Kyodo)

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*