Notícias

Homem é preso após levar corpo da namorada à pólicia de Tóquio

Algemas "Japan Police" (Foto: Xpress Stock Photo/Montagem Mundo-Nipo) Todos os direitos reservados. 900x600 | 19/02/2016.
Foto: Stockvault/Montagem MN

“Eu acordei pela manhã e percebi que ela não se movia”, disse o homem à polícia.

Um homem, de 61 anos, foi preso na sexta-feira (11) por suspeita de ocultação de cadáver após levar o corpo da namorada até um posto policial no distrito Adachi, em Tóquio. Segundo informou hoje (12) a emissora pública ‘NHK’, o homem disse aos policiais que “a namorada, de 56 anos, morreu enquanto eles dormiam em um hotel local”.

A Polícia Metropolitana de Tóquio informou que Seigo Nakamachi chegou ao posto policial por volta das 20h locais de sexta-feira (09h00 pelo horário de Brasília). Ele explicou aos polícias que carregava o corpo de Mikiko Okada, de 56 anos, dentro de seu automóvel.

Os policias então abriram o porta-malas do veículo e encontraram o corpo de Mikiko Okada enrolado em um cobertor. O corpo da mulher não apresentava sinais de violência física, detalha a ‘NHK’ citando informações da polícia.

Ainda de acordo com a emissora japonesa, Nakamachi contou à polícia que ele e a namorada haviam dormido em um hotel em Chiba, província na região metropolitana de Tóquio, leste do Japão.

O homem afirmou que a mulher estava viva à noite, até a hora em que se deitaram para dormir. “Eu acordei pela manhã e percebi que ela (Mikiko Okada) não se movia”, disse ele em depoimento após ser preso por suspeita de ocultação de cadáver, conforme noticiou a ‘NHK’, acrescentando que a polícia está investigando a causa da morte.

Comentários