Notícias

Gato de rua é ‘suspeito’ de tentar matar idosa no Japão

Foto: Wassilios Aswestopoulos / Global Look Press

Senhora de 82 anos foi encontrada em estado de choque e ensanguentada, com cerca de 20 cortes no rosto.

Uma investigação policial sobre uma suposta tentativa de assassinato de uma mulher idosa na província de Kumamoto, no sul do Japão, teria levado a um suspeito improvável: um gato de rua.

Citando como fonte o periódico local ‘RKK’, o jornal ‘The Japan Times‘ explicou que Mayuko Matsumoto, de 82 anos, foi encontrada na segunda-feira passada pela filha em sua residência na cidade de Mifune. A idosa estava em estado de choque e sangrando profundamente, com cerca de 20 cortes no rosto.

A filha então ligou imediatamente para a polícia, que logo tratou o incidente como um caso de tentativa de assassinato após observar os ferimentos, alguns dos quais eram relativamente graves, segundo a ‘RKK’ citada pelo ‘The Japan Times’.

“Quando a encontramos, o sangue cobria tudo acima do queixo. Seu rosto estava encharcado de sangue. Não sabia o que havia acontecido”, disse a filha de Matsumoto à ‘RKK’.

Já a ‘Kyodo News’ informou que Matsumato estava em estado catatônico, incapaz de falar, e teve que receber atendimento de emergência no local antes de ser levada ao um hospital, onde foi submetida a uma cirurgia de emergência.

Sem poder contar com o depoimento da vítima, a polícia então lançou uma investigação com base em uma suposta tentativa de homicídio, assumindo a ideia de que um “agressor” portando uma faca seria o responsável pelos cortes no rosto de Matsumoto.

A princípio, os investigadores pensaram que o ataque poderia ter sido feito por algum conhecido da vítima, em vista de que não havia sinais de entrada forçada na casa. Mas, após olharem mais atentamente para os ferimentos em Matsumoto, perceberam que pareciam com arranhões feitos por garras de animal.

Os investigadores então voltaram os olhos para os gatos de rua que vagavam pela casa de Matsumoto e encontraram vestígios de sangue humano em um deles, segundo informou o jornal ‘Nishinippon Shimbun’.

“A polícia está analisando uma amostra de sangue tirada da garra de um gato que pode ter sido o responsável pelo ataque à idosa”, relatou a emissora pública ‘NHK’.

Do Mundo-Nipo
Fontes principais: The Japan Times | NHK.

Comentários