Notícias

Terremoto de magnitude 5,8 atinge o leste do Japão

Foto: Reprodução / USGS

O tremor teve epicentro no mar, próximo à Sendai, enquanto outro sismo matou mais 330 na fronteira entre Irã e o Iraque.

Um terremoto de magnitude 5,8 na escala Richter atingiu a costa leste do Japão na manhã desta segunda-feira (horário local), informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), acrescentando que o tremor não gerou risco de tsunami.

De acordo com o USGS, o terremoto ocorreu às 22h24 UTC deste domingo (07h24 de segunda-feira no Japão e 20h24 de domingo pelo horário de verão em Brasília), com epicentro registrado no mar, a uma distância de 353,3 km ao leste de Sendai, cidade localizada na província de Miyagi, no nordeste do Japão. O tremor ocorreu a uma profundidade rasa, de apenas 9,5 km.

Até o momento, autoridades locais não reportaram danos a edificações ou relatos de pessoas feridas em consequência do tremor.

Inicialmente, a magnitude do tremor foi avaliada pelo USGS em 5.9, enquanto a Agência Meteorológica do Japão (JMA) anunciou magnitude de 5.7, grau que mantém até o momento e alerta para ocorrência de réplicas (tremores secundários).

Apesar de distante, o sismo foi sentido em Sendai e Kamaishi, sendo esta última localizada na província de Iwate, a uma distância aproximada de 295 km do epicentro.

As províncias de Miyagi, e Iwate foram seriamente afetadas pelo forte terremoto seguido de tsunami em março de 2011, que devastou o nordeste japonês e provocou um acidente nuclear na usina de Fukushima.

O Japão faz parte do chamado “Anel de Fogo do Pacífico”, uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo, e sofre terremotos diariamente. Mediante isso, o país possui uma infraestrutura desenvolvida para resistir tremores que poderiam ser fatais em outras partes do mundo.

Potente terremoto na fronteira entre Irã e Iraque
Autoridades locais confirmaram que chega a 332 o número de pessoas mortas no terremoto de magnitude 7,3 que atingiu a fronteira entre o Irã e o Iraque na noite de domingo. Calcula-se que, até o momento, mais de 2.500 pessoas ficaram feridas.

O terremoto foi registrado às 21h48, hora local (16h18 no horário de Brasília). O epicentro do tremor foi localizado a 32 km a sudoeste da cidade iraquiana de Halabja (a cerca de 300 km a noroeste de Bagdá).

Outro tremor de magnitude 5,3 aconteceu 11 minutos depois do primeiro, desta vez a 45 km de Halabja, uma cidade de mais de 100 mil habitantes no Curdistão iraquiano.

De acordo com a agência de notícias iraniana Fars, o Instituto de Geofísica da Universidade de Teerã registrou que o terremoto foi sentido em vários outros países da região além de Irã e Iraque, como Kuwait, Síria, Turquia e Líbano. A imprensa israelense também noticiou que a região central do país foi impactada.

O território iraniano fica entre duas placas tectônicas. Em 2003, um violento terremoto na região da cidade de Bam, no sudeste do país, deixou mais de 30 mil mortos.

*Para saber mais detalhes sobre o terremoto no Japão, visite a página com os dados no site oficial da USGS.

Do Mundo-Nipo
Com USGS e Agências internacionais.

Comentários