Notícias

Bolsa de Tóquio fecha a semana com alta de 3,6%

O índice Nikkei atingiu a quinta sessão consecutiva de alta e fechou com o maior ganho semanal desde de abril.

Do Mundo-Nipo com Agências

A Bolsa de Valores de Tóquio subiu levemente nesta sexta-feira (15), ajudada pela alta do dólar ante o iene em um dia de baixo volume de negócios por conta do feriado japonês de “Obon”.

O índice Nikkei, que reúne as ações mais negociadas na Bolsa de Tóquio, encerrou a sessão com leve alta 3,77 pontos, ou alta de 0,02%, a 15.318,34 pontos. Trata-se da quinta alta consecutiva após forte queda de 3,0% registrada na última sexta-feira.

Na semana, o Nikkei acumulou alta de 3,6%, o maior ganho semanal desde meados de abril. No ano, porém, o índice acumula perda aproximada de 6%.

Alguns estrategistas acreditam que o baixo desempenho do mercado japonês neste ano em comparação a outros grandes mercados provavelmente o fará parecer uma atraente jogada de valor, particularmente dada a perspectiva de maiores compras do fundo de investimento de pensão do governo, de US$ 1,2 trilhão. O fundo deve anunciar mais alocações para papéis domésticos mais tarde neste ano, conforme destacou mais cedo a Agência Reuters.

O volume nesta sessão, de 1,58 bilhão de ações negociadas, foi o segundo mais fraco do ano, em meio ao feriado conhecido como “Obon”, que começou na quarta-feira e se encerra hoje.

A valorização do dólar favorece a competitividade de exportadoras, como a Tokyo Electron e Kyocera, cujos papéis subiram 1,7% e 1,0%, respectivamente.

No setor imobiliário, destacaram-se Sumitomo Realty & Development (+1,8%) e Mitsubishi Estate (+1,9%). O enfraquecimento do iene tem um efeito inflacionário sobre ativos fixos como terrenos e, com frequência, ajuda a sustentar o setor.

A Sony, por sua vez, avançou 2,1% com notícias na mídia de que a empresa planeja oferecer sensores de imagem para câmeras automotivas.

(Com informações das agências Estado Reuters e Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe uma resposta