Notícias

Bitcoin será usado como parte de salário em empresa de TI no Japão

@iStock

Funcionários da japonesa GMO Internet poderão receber até 100 mil ienes do salário em bitcoins.

Uma grande empresa de TI no Japão anunciou nesta sexta-feira (15) que pagará parte dos salários de seus empregados em bitcoins, uma iniciativa que visa “conhecer melhor o funcionamento dessa moeda virtual”, disse o porta-voz da empresa em comunicado, segundo a agência ‘France Presse’.

A empresa em questão é a GMO Internet, onde os funcionários terão a “opção” de receber até 100.000 ienes, equivalente a 890 dólares, do salário em bitcoins. O primeiro pagamento será em fevereiro.

“Os empregados podem receber salário em bitcoin, se quiserem”, disse Harumi Ishii à em entrevista à France Presse, acrescentando que a iniciativa tem como objetivo “melhorar nossa compreensão da moeda virtual”.

Com sede em Tóquio, a GMO Internet opera vários negócios on-line, incluindo gestão de páginas, publicidade e serviços financeiros, destaca a France Presse.

O preço do bitcoin disparou este ano. Segundo o site financeiro “InfoMoney”, o bitcoin disparou 12% na manhã desta sexta-feira (15) , renovando seu nível histórico ao deixar para trás a marca de 17.500 dólares para cravar máxima intradia em 18.100 dólares, o que corresponde a uma incrível valorização de 1.800% somente este ano, até o momento. Em janeiro, a moeda virtual estava cotada a 1.000 dólares.

Do Mundo-Nipo
Fontes: France Presse | InfoMoney.

Comentários