Notícias

Imperador do Japão apresenta febre e cancela agenda

Foto: Kyodo/AFP

A febre do imperador ocorre uma semana após a imperatriz ser diagnosticada com bronquite aguda.

O imperador japonês Akihito, de 82 anos, foi obrigado a cancelar sua agenda nesta sexta-feira (16) após apresentar febre, o que a Agência da Casa Imperial supôs tratar-se de um resfriado.

Segundo informou um porta-voz da Casa Imperial, Akihito tinha previsto aparecer publicamente esta manhã para saudar os voluntários que participaram em cerimônia no Palácio Imperial de Tóquio. O porta-voz, no entanto, não detalhou sobre a atual condição de saúde do imperador.

A febre de Akihito ocorre após sua esposa, a imperatriz Michiko, ser diagnosticada com uma bronquite aguda no fim da semana passada, o que também obrigou a imperatriz, de 82 anos, a cancelar sua agenda.

Apesar da saúde ainda debilitada, a imperatriz Michiko representou o esposo na saudação aos voluntários da cerimônia no Palácio Imperial.

A Casa Imperial indicou que, caso o imperador não melhore em tempo hábil, o príncipe Naruhito, filho mais velho do casal e herdeiro do trono do Japão, representará o pai na tradicional e extensa agenda imperial de fim de ano.

A saúde cada vez mais debilitada do casal reaviva a indicação do imperador Akihito em abdicar ao trono, uma prática que não é prevista na Constituição japonesa. O governo do país, no entanto, tem se empenhado para satisfazer o desejo do imperador.

(Com Agência Kyodo)

Comentários