Notícias

Japão aprova ampla reforma tributária para 2018

Foto: Shutterstock

A reforma inclui isenções fiscais para a empresa que promover investimentos, aumentos de salário e plano de carreira.

O Japão aprovou oficialmente uma extensa reforma tributária para o próximo ano fiscal, que se inicia em abril de 2018. As medidas incluem mudanças nos impostos corporativos e de renda.

Os legisladores da coalizão governista, o Partido Liberal Democrata (PLD) do primeiro-ministro Shinzo Abe, e seu parceiro de Governo, o Novo Komeito, proporcionaram isenções fiscais para empresas de grande porte que elevarem salários em pelo menos 3% e aumentarem os investimentos de capital domésticos até um determinado nível.

Companhias que derem oportunidade para que empregados estudem em universidades com fins de desenvolvimento de carreira também pagarão menos impostos.

Os legisladores esperam ainda proporcionar isenções fiscais a empresas que invistam em certas tecnologias avançadas como, por exemplo, a chamada internet das coisas, em conjunto com aumentos salariais.

Também haverá mudanças no imposto de renda para pessoa física. O atual sistema é tido como vantajoso para trabalhadores assalariados.

As reformas vão reduzir as isenções fiscais para trabalhadores que ganham mais de 75 mil dólares anuais.

Com NHK World News

Comentários