Notícias

Encomendas de máquinas no Japão saltam 4,2% em dezembro

O avanço em dezembro vem após um drástico recuo de 14,4% no mês anterior, a maior queda mensal em 2015.

As principais encomendas de máquinas do setor privado do Japão subiram 4,2% em dezembro ante novembro, mês em que o país viu o índice sofrer a maior queda mensal em 2015, de acordo com dados sazonalmente ajustados e divulgados nesta quarta-feira (17) pelo governo do país.

O núcleo das encomendas de máquinas, que excluem os pedidos das empresas de energia elétrica e do setor naval por causa da volatilidade, totalizou 806,6 bilhões de ienes em dezembro de 2015, informou o Escritório do Gabinete Japonês.

O avanço em dezembro vem após um drástico recuo de 14,4% no mês anterior. Apesar da melhora no último mês do ano passado, o governo deixou inalterada a sua avaliação básica do indicador, na qual diz que “as encomendas estão mostrando sinais de recuperação”.

No período em análise e na mesma base de comparação, as encomendas do setor de manufatura declinaram 3,4%, para 326,9 bilhões de ienes, marcando o segundo recuo mensal consecutivo e que tem sido puxado pelas quedas das encomendas em empresas do setor químico e automotivo, principalmente os fabricantes de autopeças.

Já as encomendas de empresas não manufatureiras, como as relacionadas com construção e serviços (excluindo os fornecedores de energia e do setor naval), deram um salto de 8,5%, para 475,3 bilhões de ienes, refletindo um forte aumento nos investimentos relacionados à indústria do mercado financeiro, incluindo empresas seguradoras.  O ótimo resultado em dezembro vem após o setor despencar 18% no mês anterior.

Na comparação trimestral, o núcleo das encomendas de máquinas no período outubro-dezembro aumentou 4,3% em relação ao trimestre anterior, para 2,48 trilhões de ienes. No período de julho a setembro, o indicador registrou forte recuo de 10%.

As encomendas de máquinas representam cerca de 15% do Produto Interno Bruto (PIB) do Japão e são vistas pelo primeiro-ministro Shinzo Abe como um dos pilares para o crescimento do país.

(Com Agência Kyodo)

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*