Notícias

Toyota pode se tornar a maior montadora do mundo em 2013, dizem analistas

A Toyota pode destronar a Volkswagen e se tornar a maior montadora do mundo, com um lucro operacional de cerca de 21 bilhões de dólares, no próximo ano fiscal.

Do Mundo-Nipo

A Toyota Motor pode destronar a Volkswagen AG e se tornar a maior montadora do mundo, com um lucro operacional de 2 trilhões de ienes (cerca de 21 bilhões de dólares) no próximo ano fiscal, informou a imprensa japonesa.

 

Akio Toyoda, presidente da Toyota (Foto: AFLO Images)

“O volume de vendas vai começar a crescer novamente”, disse Akio Toyoda, presidente da Toyota (Foto: AFLO Images)

 

De acordo com analistas de mercado, em comparação ao iene quando estava mais forte, se as taxas de câmbios atuais continuarem, o lucro da Toyota, provavelmente, receberá um impulso de mais de 600 bilhões de ienes (cerca de 6,3 bilhões de dólares), segundo informações do jornal Nikkei no sábado (16).

As três grandes montadoras japonesas tomaram a ofensiva na América do Norte, e em outros países, a partir de “atrativos” lançamentos de novos modelos no mercado, incluindo aqueles com designs radicais. “As montadoras japonesas irão fazer um claro retorno em 2013”, prevê Kota Yuzawa, analista da Goldman Sachs Japan.

“O volume de vendas vai começar a crescer novamente”, disse o presidente da Toyota, Akio Toyoda, em 6 de março, quando anunciou uma remodelação de gestão.

O vice-presidente executivo da Honda Motor, Tetsuo Iwamura, disse que a montadora tem como meta atingir a marca de 4,4 milhões de unidades em vendas globais para ano fiscal de 2013, com três modelos principais, incluindo o sedan Accord, previsto para ser remodelado na América do Norte.

Enquanto isso, as montadoras americanas e europeias fizeram projeções cautelosas para o ano fiscal de 2013. A Volkswagen disse que pretende garantir o lucro operacional semelhante ao do ano anterior. A Daimler AG prevê que o lucro para o seu segmento de carros de luxo vai diminuir na comparação do ano fiscal anterior. O euro mais forte é uma das razões para a perspectiva de baixa por parte das montadoras europeias.

As montadoras japonesas têm alguns motivos de preocupação, tais como a crise econômica europeia e uma queda nas vendas internas decorrentes do fim de subsídios para automóveis de baixo consumo de combustível. Isso as levou a prosseguir os lucros na América do Norte e a estabelecer bases para a expansão em mercados emergentes.

 

Para saber mais sobre Indústria Automotiva, clique em mundo-nipo.com/negocios/industria-automotiva. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários