Notícias

Dólar fecha quase estável diante de incertezas com a política local

O dólar teve leve queda, mas segue acumulando alta no mês e no ano, de 1,68% de 30,98%, respectivamente.

Do Mundo-Nipo com Agências

O dólar fechou praticamente estável ante o real nesta segunda-feira (17), um dia marcado pelo baixo volume de negócios, com investidores relutando em fazer grandes apostas em meio ao cenário de incertezas com a política local.

A morda norte-americana teve leve variação negativa 0,02% e encerrou o dia cotado a R$ 3,4823 na venda, após atingir R$ 3,5063 na mínima e R$ 3,4612 na mínima da sessão. No mês e no ano o dólar acumula alta de 1,68% de 30,98%, respectivamente.

A grave crise política no Brasil, que teve leve trégua na semana passada após a aproximação do governo com o Senado, está deixando o mercado cauteloso. Investidores temem que golpes à credibilidade do país afastem capitais do mercado brasileiro, de acordo com a agência de notícias Reuters.

Cenário externo
Operadores de mercado ouvidos pela Reuters vêm afirmando que parece cada vez mais claro que o Federal Reserve, banco central norte-americano, começará a elevar os juros em breve, com boa parte apostando já no mês que vem.

Juros mais altos nos EUA podem atrair para a maior economia do mundo recursos atualmente aplicados em países como o Brasil.

Atuações do Banco Central no câmbio
O Banco Central continuou a rolar os contratos de swap cambial (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem em setembro, vendendo a oferta total de até 11 mil contratos.

Ao todo, o BC já rolou US$ 4,899 bilhões, ou cerca de 49% do total de US$ 10,027 bilhões. Se continuar neste ritmo, vai recolocar o todo o lote. Os leilões de rolagem servem para adiar os vencimentos de contratos que foram vendidos no passado

(Com informações da agência Reuters)

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe um comentário