Notícias

Número de pessoas centenárias passa dos 67 mil no Japão

Foto: Kyodo/Reuters

Mulheres no Japão representam 88% do total de idosos com idade a partir dos 100 anos.

O número de pessoas com idade a partir dos 100 anos no Japão aumentou até a cifra recorde de 67.782, o que representa 2.132 a mais que o registrado no ano anterior e marca o 47º ano consecutivo de aumento, revelou um relatório publicado na sexta-feira pelo Ministério de Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do país.

O censo do Ministério é comumente divulgado uma semana antes do Dia do Respeito aos Idosos (Keirou no Hi), feriado nacional que é celebrado anualmente na terceira segunda-feira de setembro.

Do total de idosos centenários que vivem no Japão, 88% são mulheres, ou seja, 59.627 pessoas do sexo feminino frente a 8.197 homens, aponta o levantamento do Ministério, que é contabilizado no decorrer de 12 meses até o dia 1º de setembro de cada ano.

O volume de centenários aumentou de forma contínua desde 1971 e o ministério prevê que esta tendência continue, principalmente pelos avanços em matéria de tratamentos médicos e pela conscientização sobre a saúde.

Nabi Tajima, originária da pequena ilha de Kikai – pertencente às ilhas Amami, no sudoeste do arquipélago – e nascida em agosto de 1900, é com 117 anos a mulher mais idosa de Japão.

Masazo Nonaka, nascido em julho de 1905 em Ashono (ilha setentrional de Hokkaido), é com 112 anos o japonês mais longevo.

Além disso, outras 32.297 pessoas completarão 100 anos em 2017, 350 a mais que no ano passado.

Quando as autoridades japonesas começaram a recopilar estes dados, em 1963, o número de centenários chegava a 153, cifra que 35 anos depois, em 1998, superaria pela primeira vez os 10.000.

Em 2007, o número de centenários no país chegou a 30.000, enquanto, 2012 e 2015 superou os 50.000 e 60.000, respectivamente.

Expectativa de vida
No Japão, a estimativa de vida média para as mulheres está situada em 87,05 anos, enquanto a média de vida para os homens estava em 80,79 anos. Aliás, as mulheres japonesas detêm o recorde mundial de longevidade e o Japão é o país onde as pessoas vivem mais, segundo o último relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS),

Com Agência EFE e Agência Kyodo

Comentários