Notícias

As 5 melhores e ‘piores’ empresas aéreas do mundo

Confira a lista e fique por dentro do que há de melhor e pior em aéreas antes de fazer uma viagem.

Serviço de bordo preferencial, boa refeição e assentos confortáveis são alguns dos itens que levaram a Emirates Airline ser eleita como a melhor companhia aérea do mundo em 2013. A empresa foi premiada com o Skytrax World Airline Awards, considerado o “Oscar” da aviação e concedido pela consultora britânica Skytrax, que divulga anualmente o ranking das melhores companhias aéreas do mundo.

A Skytrax se baseia em questionários on-line respondidos por passageiros de todas as categorias de viagem, de primeira classe à econômica, ao longo de dez meses.

A satisfação dos usuários é medida por mais de 40 indicadores de desempenho, que incluem avaliações de itens como conforto da poltrona, entretenimento a bordo, limpeza, qualidade das refeições e eficiência dos serviços. O ranking das melhores aéreas totaliza cem companhias, mas a Skytrax colhe depoimentos de experiências de passageiros de mais de 200 empresas aéreas em todo o mundo.

Em contrapartida, o site de negócios Business Insider fez um levantamento das piores companhias aéreas do mundo para fazer uma viagem longa em classe econômica, usando como base os dados da consultora Skytrax. Cada companhia recebeu uma nota de zero a cem.

O ranking da Skytrax na lista a seguir é de 2013, divulgada na metade do ano passado, enquanto o ranking do Business Insider foi divulgado no final de 2013. Confira abaixo as cinco melhores e as cinco piores empresas aéreas do mundo.

Confira as 5 melhores:

1. Emirates Airlines (Emirados Árabes Unidos)
Na primeira classe, em vez de poltronas, há cabines individuais equipadas com porta e paredes retráteis. No A380, maior avião comercial do mundo, há até chuveiro. Quanto ao serviço de bordo, além de uma comida de primeira, o passageiro determina a ordem das refeições: se quer começar o voo pelo café da manhã ou pelo jantar, por exemplo. Ideal para quem viaja muito e acaba trocando o dia pela noite.

2. Qatar Airlines (Qatar)
O passageiro que voa em primeira classe é brindado com o tradicional café árabe com tâmaras ou o drinque de sua preferência. As toalhas de bordo são de linho e a louça é de porcelana fina. Os pratos são verdadeiras esculturas culinárias. Se o destino final for Doha, o viajante de primeira classe ou executiva ainda pode desfrutar de um terminal premium no aeroporto que oferece até spa. Na classe econômica, há mil opções de entretenimento, de jogos a filmes. Para as crianças, há um kit de atividades do desenho animado Bob Esponja Calça-Quadrada.

3. Singapore Airlines (Cingapura)
Um dos pontos fortes é a conectividade. Parte dos voos já oferece wi-fi, e também é possível fazer ligações telefônicas por satélite para qualquer lugar do mundo. Há ainda conteúdo exclusivo para iPad e iPhone. O conforto e a privacidade são assegurados para quem voa de A380, nos quais os viajantes VIP têm cabines individuais.

4. All Nipon Airlines – ANA (Japão)
É considerada uma aérea cinco estrelas. Um de seus destaques é o conforto dos assentos. Nos aviões 787, até a classe econômica tem um generoso espaçamento de 34 polegadas entre cada poltrona. Clientes da primeira classe e classe executiva ganham pijamas, chinelos e kits de cosméticos. A tripulação fala japonês e inglês, mas alguns usuários criticam o pesado sotaque que, às vezes, dificulta o entendimento.

A companhia japonesa foi criada em 1952 e têm voos na Ásia, Europa e América do Norte. A empresa possui um voo no Brasil (são Paulo x Londres) em uma parceria com a TAM.

5. Asiana Airlines (Coreia do Sul)
Tudo no voo é high-tech. Nas suítes, o monitor onde são exibidos os filmes tem 32 polegadas. É a maior tela individual em voos comerciais no mundo. Todo o sistema de iluminação e entretenimento é controlado por um dispositivo com soft touch. Já na culinária, destacam-se pratos tradicionais com receitas sul-coreanas, japonesas e chinesas.

Veja agora as 5 piores:

5. Air Koryo (Coreia do Norte)
É a única companhia aérea do mundo acompanhada pela Skytrax que foi classificada na categoria uma estrela. É controlada pelo governo norte-coreano. Não por acaso, os passageiros são obrigados a ouvir a marcha revolucionária. A propaganda oficial também é obrigatória nos monitores. A comida é servida em pratos de plástico.

4. Uzbekistan Airways (Uzbequistão)
A tripulação não é atenciosa. Para conseguir um cobertor ou um café é preciso pedir várias vezes, segundo relatos postados por alguns passageiros no site da Skytrax. As poltronas são apertadas e os banheiros são sujos, com papel jogado no chão. Desde que começou a voar, em 1992, a companhia já teve três acidentes fatais, matando 54 pessoas.

3. Ukraine International Airlines (Ucrânia)
As principais queixas são relativas aos atrasos dos voos. As aeronaves são antigas e o extravio de bagagens é frequente. O serviço de check-in também é ruim, com pessoas despreparadas e filas frequentes no balcão.

2. Sudan Airways (Sudão)
Segundo relatos de passageiros, há cadeiras quebradas e os banheiros são sujos. O serviço de bordo não é suficiente para atender a todos os viajantes. A aérea não tem permissão para voar na União Europeia e tem voos apenas para África e Oriente Médio.

1. Turkmenistan Airlines (Turcomenistão)
Há voos sem entretenimento, nos quais não há sequer um mapa do trajeto do avião ou revistas. A empresa também peca no quesito segurança. Não há colete salva-vidas ou sacos para quem sentir enjoo, segundo comentários postados no site da Skytrax. Os passageiros se queixam ainda da falta de educação dos comissários. E o autoritarismo do presidente Gurbanguli Berdymukhamedov é visível. Há fotos dele nas paredes do avião.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*