Notícias

Sony estuda redução drástica de suas operações de smartphones na China

As vendas da Sony têm caído na China porque empesas locais vendem aparelhos mais baratos.

Do Mundo-Nipo com Agência Kyodo

A Sony está considerando uma redução acentuada de suas operações no mercado de smartphones na China, em meio a um decréscimo na demanda provocada pela concorrência de aparelhos mais baratos de rivais locais, informou nesta quinta-feira (18) fontes da empresa à Agência Kyodo.

Na quarta-feira (17), a gigante japonesa de produtos tecnológicos anunciou perda maior do que anteriormente prevista para o atual ano fiscal de 2014, que termina em março do próximo.Com estimativa de perdas de 230 bilhões de ienes (US$ 2,14 bilhões).

A nova estimativa contempla que o valor econômico de seu negócio seja sensivelmente inferior devido a “mudanças significativas no mercado e ao competitivo entorno do negócio dos telefones celulares”, explicou a Sony em seu comunicado de ontem.

Com isso, os planos de restruturação da Sony inclui uma eventual retirada de suas operações no mercado de smartphones da segunda maior economia do mundo, “uma medida que pode acontecer por volta de novembro”, disseram as fontes.

A Sony tem voltado seus esforços para a introdução de recursos audiovisuais avançados em seus modelos de smartphones. Entretanto, mesmo com uma tecnologia superior, a empresa japonesa vem enfrentando uma dura concorrência na China devido a fortes vendas das rivais locais Xiaomi e Lenovo, que têm modelos de smartphones mais baratos.

Segundo as fontes, essas duas empresas também estão incomodando a sul-coreana Samsung, que também cogita uma retirada parcial do setor na China.

== Kyodo

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário


*