Notícias

Com ventos de até 216 km/h, tufão Malakas avança sobre o Japão

O mapa mostra a localização do tufão Malakas às 15h locais de segunda-feira (Foto: JMA/Satélite Himawari)

O Malakas é o sexto tufão a atingir o Japão desde o dia 21 de agosto. Os fenômenos deixaram mais de duas dezenas de mortos nesse período.

O forte tufão Malakas, número 16 da temporada na Ásia, avança em direção ao oeste do Japão a uma velocidade de 20 quilômetros por hora e rajadas de ventos de até 216 km/h, devendo chegar a esta região na noite de segunda-feira (19), horário local.

De acordo com a Agência Meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês), às 3h locais de segunda-feira (15h de domingo em Brasília), o tufão se encontrava a 230 quilômetros a oeste da ilha de Yakushima, na província de Kagoshima, no sul do país, onde as ondas superavam os 6 metros de altura.

Por volta das 5h locais de segunda, a pressão no olho do furação era de 945 hectopascais, com ventos sustentados em mais de 160 quilômetros por hora em seu centro, enquanto as rajadas de vento atingiam velocidade de 216 quilômetros por hora.

Ainda de acordo com a JMA, Malakas passará pela ilha sulina de Kyushu beirando o oeste enquanto ruma em direção ao leste, com atenção especial ao nordeste do país, onde deverá tocar a terra entre terça e quarta-feira.

Durante sua passagem pelo extremo sul, na ilha de Okinawa, o fenômeno levou fortes chuvas e ventos, deixando precipitações severas em amplas áreas, principalmente nas ilhas Sakishima e Yaeyama.

A JMA pede atenção especial aos residentes no oeste do país, principalmente na região Kyushu, que será afetada por ventos potentes a partir desta segunda-feira à noite (hora local).

“A população nessa região deve ficar preparada o caso de precisar se deslocar até um abrigo”, alerta.

O Malakas é o sexto tufão a atingir o Japão desde o dia 21 de agosto. Desse total, mais de duas dezenas de pessoas perderam a vida em consequência desses fenômenos no decorrer dos últimos 27 dias.

Com a agência Kyodo

Comentários