Notícias

Exportações do Japão crescem no maior ritmo em mais de 2 anos

Porto de Tóquio (Foto: Wikimedia Commons)

A exportação forte tem mantido o crescimento da economia japonesa.

Japão viu suas exportações crescerem no maior ritmo em dois anos e quatro meses, saltando 14,9% em maio em termos anualizados, ajudadas por uma recuperação na demanda em mercados emergentes e um iene fraco comparado com as cotações do ano passado.

O aumento das exportações foi o maior desde janeiro de 2015 e o sexto mês consecutivo de alta, segundo dados do Ministério de Finanças divulgados na segunda-feira (19), que indicou que o bom resultado foi puxado, sobretudo, pelas exportações de automóveis e aço.

Nos primeiros três meses de 2017, a economia cresceu 1,0% em base anualizada, marcando a mais longa sequência de trimestres em alta em 11 anos. A exportação forte tem mantido o crescimento moderado do Japão.

Enquanto isso, as importações japonesas avançaram 17,8% em maio na comparação com o mesmo mês do ano passado, em consequência de acentuada elevação nos preços do gás natural liquefeito e do petróleo.

Com esses dados, a balança comercial de maio registrou um déficit de 203,4 bilhões de ienes, em comparação com um déficit de 47,3 bilhões de ienes um ano atrás. Mediante isso, a balança comercial japonesa ficou no vermelho pela primeira vez em quatro meses.

Os economistas entrevistados pelo jornal financeiro “Nikkei” esperavam um superávit de 73,0 bilhões de ienes. Em maio, o Japão muitas vezes registra déficit devido a um período de feriados que limita as exportações, disse um funcionário do Ministério de Finanças.

Fontes: Jornal Valor Econômico | Canal NHK News.

Comentários