Notícias

Japão é o 5º melhor país do mundo; veja ranking 2017

Cidade de Tóquio (Foto: Getty)

Por trás do sucesso de um país estão, principalmente, as políticas que criam oportunidades e pessoas que se esforçam.

O Japão subiu duas posições em um complexo ranking que classifica os melhores países do mundo, o “Overall Best Countries Ranking”, um estudo que usa índices específicos para avaliar o sucesso de um país.

Em sua segunda edição, o estudo é desenvolvido pela revista americana U.S. News & World Report em conjunto com a consultoria Y&R’s BAV, especificamente John Gerzema e Anna Blender, e a faculdade de economia da Universidade da Pensilvânia (Wharton School), com liderança do professor David J. Reibstein.

Conforme o ranking do ano passado, os formuladores do estudo explicam que, “por trás da riqueza e do êxito de um país, estão políticas que criam oportunidades, pessoas que se esforçam e uma história que molda o ambiente e as perspectivas”.

O relatório e os rankings são baseados em como as percepções globais definem os países em termos de uma série de características qualitativas, ou seja, impressões que têm o potencial de impulsionar o comércio, viagens e investimentos, afetando diretamente as economias nacionais.

Nesta edição, foram entrevistados 21 mil pessoas em 80 países avaliados – 20 nações a mais do que o estudo no ano passado – usando como base 65 atributos que foram agrupados em 9 índices: Aventura, Cidadania, Influência Cultural, Empreendedorismo, Patrimônio, Motivação, Facilidade para Negócios, Poder e Qualidade de vida.

Cada país recebe notas de acordo com cada índice, bem como são classificados nos mesmos. Isso quer dizer que os 9 índices são uma espécie de “subranking” que conta ponto para o ranking geral.

A suíça, por exemplo, foi bem avaliada em praticamente todos os nove índices, encabeçando alguns, o que valeu ao  pequeno país na Europa Central liderar o ranking geral deste ano.

O Japão ganhou duas colocações este ano, pulando de 7º para 5º lugar no ranking geral, com destaque nos índices de Empreendedorismo (2º lugar), Motivação (5º lugar), Influência Cultural (6º lugar) e Poder (7º lugar).

Por outro lado, conforme o ano passado, Japão foi péssimo no índice Aventura, caindo de 36º lugar no ano passado para a 39ª posição este ano, uma posição, no mínimo, curiosa diante da beleza natural diversificada, clima bem definido nas estações do ano e uma população receptiva e extremamente educada.

Já o Brasil surge em 28º no ranking geral, o que representa 8 posições deterioradas em relação ao estudo de 2016, quando figurou na 20ª colocação.

Entenda como funcionam os índices
• Aventura: avalia se o país é amigável, tem clima agradável e belezas cênicas.
• Cidadania: se preocupa com os direitos humanos, se preocupa com o meio ambiente, a igualdade de gênero, é progressivo, respeita a liberdade religiosa, respeita os direitos de propriedade, o poder político é bem distribuído.
• Influência Cultural: culturalmente significativo em termos de entretenimento, moda e prestígio.
• Empreendedorismo: população educada, empreendedora, inovadora, oferece fácil acesso ao capital, força de trabalho qualificada, conhecimento tecnológico, infraestrutura e enquadramento jurídico bem desenvolvidos.
• Patrimônio: culturalmente acessível, tem uma história rica, uma excelente comida e muitas atrações culturais.
• Facilidade para Negócios: pouca burocracia, custos de fabricação em conta, ambiente fiscal favorável, práticas governamentais transparentes.
• Motivação: é diferente, dinâmico, único.
• Poder: perfil de líder, influente econômica e politicamente, fortes alianças internacionais, poderio militar.
• Qualidade de Vida: um bom mercado de trabalho, preços acessíveis, economicamente estável, familiar, igualdade de renda, sistema estável e bem desenvolvido, educação pública e sistema de saúde pública bem desenvolvidos.

Veja os 10 primeiros colocados e seu desempenho por índice (incluindo os dados de Brasil para nível de comparação):

Bandeira da Suíça    1 Suíça

PIB: US$ 701,0 bilhões
População: 8,3 milhões
PIB per capita: US$ 58.647
Posição no ranking geral em 2016: não há dados

A Suíça, oficialmente chamada de Federação Suíça, é um país pequeno na Europa Central composto por 16 mil quilômetros quadrados de Alpes, lagos e vales esculpidos nas geleiras. É um dos países mais ricos do mundo, e tem sido conhecido há séculos por sua neutralidade.

A Confederação Suíça foi inicialmente fundada em 1291 como uma aliança defensiva entre os cantões. Em 1499, a Confederação tornou-se independente do Sacro Império Romano. Em 1848, uma nova constituição transformou a Confederação em um governo federal centralizado, terminando um período de conflito. Desde então, o país tem uma relativa tranquilidade.

bandeira do Canada    2 Canadá

PIB: US$ 1,8 trilhão
População: 35,9 milhões
PIB per capita: US$ 45.602
Posição no ranking geral de 2016: 2º lugar

O Canadá ocupa cerca de dois quintos do continente norte-americano, tornando-se o segundo maior país do mundo depois da Rússia. O país está escassamente povoado, com a maioria dos seus 35,5 milhões de residentes a menos de 125 milhas da fronteira dos EUA. A expansão da região selvagem do Canadá para o norte desempenha um papel importante na identidade canadense, assim como a reputação do país de acolher imigrantes.

Embora os noruegueses se instalaram brevemente no Canadá durante o século 10, a exploração européia acelerou nos anos 1500. A França  e a Grã-Bretanha inclinaram-se para o controle sobre a região, com os britânicos sacramentando seu domínio em 1763. O país era uma coleção de colônias britânicas até que se tornou um domínio autônomo em 1867.

Bandeira do Reino Unido    3 Reino Unido

PIB: US$ 3,0 trilhões
População: 65,1 milhões
PIB per capita: US$ 41.499
Posição no ranking geral de 2016: 3º lugar

O Reino Unido é uma nação altamente desenvolvida que exerce uma influência econômica, política, científica e cultural internacional considerável. Localizado fora do canto noroeste da Europa, o país inclui a ilha da Grã-Bretanha – que aglomera a Inglaterra, a Escócia e o País de Gales – e a parte norte da ilha da Irlanda.

O ano de 2017 deu início à ansiedade sobre o papel do país no cenário mundial, devido à votação pública no verão de 2016 para deixar a União Européia. O voto levanta questões sobre a União Europeia, bem como as políticas de apoio à zona do euro.

Bandeira da Alemanha    4 Alemanha

PIB: US$ 3,9 trilhões
População: 81,4 milhões
PIB per capita: US$ 46.974
Posição no ranking geral de 2016: 1º lugar

A Alemanha, a nação mais populosa da União Europeia, possui uma das maiores economias do mundo e viu seu papel na comunidade internacional crescer de forma constante desde a reunificação. O país da Europa Central faz fronteira com nove nações, e sua paisagem varia, das planícies do norte que atingem os mares do Norte e do Báltico até os Alpes da Baviera no sul.

Japan flag    5 Japão

PIB: US$ 4,6 trilhões
População: 127 milhões
PIB per capita: US$ 38.142
Posição no ranking geral de 2016: 7º lugar

Localizado no Leste Asiático e formado por quatro ilhas principais, o Japão é uma das nações mais alfabetizadas e tecnologicamente avançadas do mundo.

Enquanto a maior parte do território japonês é coberta por montanhas e áreas fortemente arborizadas, cerca de 126 milhões da população do país lideram um estilo de vida claramente urbano. Culturalmente influenciado pelos seus vizinhos – China e Coreia – hoje o país “mistura”, muito bem,  suas antigas tradições com os aspectos da vida ocidental.

Sweden flag    6 Suécia

PIB: US$ 71,1 bilhões
População: 9,8 milhões
PIB per capita: US$ 48.199
Posição no ranking geral de 2016: 5º lugar

O Reino da Suécia, flanqueado pela Noruega ao oeste e o Mar Báltico a leste, se expande em grande parte da Península Escandinava e é um dos maiores países da União Européia por massa terrestre. A capital de Estocolmo foi reivindicada no século 16, e as disputas fronteiriças na Idade Média estabeleceram a nação moderna.

United States flag    7 Estados Unidos

PIB: US$ 17,4 trilhões
População: 321,4 milhões
PIB per capita: US$ 56.084
Posição no ranking geral de 2016: 4º lugar

Os Estados Unidos da América são uma nação norte-americana que é o poder econômico e militar mais dominante do mundo. Da mesma forma, sua marca cultural abrange o mundo, liderada em grande parte pela cultura popular expressada em música, filmes e televisão. Em 2016, o país elegeu o presidente Donald Trump, cuja retórica de campanha gerou polêmica e dúvidas em todo o mundo, inclusive dos aliados mais próximos do país, sobre o curso futuro da nação no cenário global.

Australia flag    8 Austrália

PIB: US$ 1,5 trilhão
População: 23,8 milhões
PIB per capita: US$ 47.644
Posição no ranking geral de 2016: 6º lugar

Austrália, oficialmente Comunidade da Austrália, é um país do hemisfério sul, localizado na Oceania, que compreende a menor área continental do mundo, a ilha da Tasmânia e várias ilhas adjacentes nos oceanos Índico e Pacífico. Indígenas ocuparam a terra por pelo menos 40 mil anos antes dos primeiros assentamentos britânicos no século XVIII.

A economia australiana é muito diversificada, atuando em vários setores: a indústria desenvolve atividades ligadas ao setor primário, como a produção de alimentos, vinhos, tabaco, exploração mineral e também as atividades que exigem maior tecnologia como a indústria de máquinas e equipamentos. O país é a 13ª maior erconomia do mundo por Produto Interno Bruto (PIB) nominal.

France flag    9 França

PIB: US$ 2,8 trilhões
População: 66,8 milhões
PIB per capita: US$ 41.476
Posição no ranking geral de 2016: 8º lugar

É difícil exagerar a influência que a  França tem no mundo, tanto no passado como hoje. Localizada na Europa Ocidental, a França é um dos países mais antigos do mundo e seu alcance se estende ao redor do globo através da ciência, da política, da economia e, talvez, sobretudo da cultura.

Começando na Idade Média, a França evoluiu através do reino, do império e, finalmente, de uma república. Foi uma das primeiras nações a defender os direitos do indivíduo. A França hoje é uma democracia com uma separação de poder entre os poderes executivo, legislativo e judicial.

Norway flag    10 Noruega

PIB: US$ 499,8 bilhões
População: 5,2 milhões
PIB per capita: US$ 68.592
Posição no ranking geral de 2016: não há dados

O Reino da Noruega é o país mais ocidental da península escandinava. Ele é composto, sobretudo, de terrenos montanhosos. Quase toda a sua população vive no sul, em torno da capital, Oslo. O litoral da Noruega é composto por milhares de quilômetros de fiordes, baías e costas da ilha.

Os noruegueses desenvolveram uma cultura marítima e foram ativos durante toda a era viking, estabelecendo assentamentos na Islândia e na Groenlândia. Durante muitos anos, o destino da Noruega foi vinculado à Dinamarca e à Suécia . Em 1905, a Noruega ganhou independência da Suécia através de um referendo. O país era neutro durante as duas guerras mundiais, mas foi ocupado pela Alemanha nazista por cinco anos.

Bandeira do brasil    28 Brasil

PIB: US$ 2,3 trilhões
População: 207,8 milhões
PIB per capita: US$ 15.646
Posição no ranking geral de 2016: 20º lugar

Ocupando metade da massa terrestre da América do Sul, o Brasil é o gigante do continente – tanto em tamanho como em população. A história do Brasil é repleta de turbulência econômica, passando rapidamente de um forte crescimento a recessão econômica, e sua cultura é um caldeirão que tradicionalmente recebeu o mundo.

O Brasil é um dos principais destinos turísticos do mundo. No entanto, o país no século 21 confronta questões sérias sobre a pobreza, a desigualdade, a corrupção na governança e o meio ambiente, sobretudo o desmatamento desenfreado da floresta amazônica, o maior ecossistema do planeta.

Do Mundo-Nipo
* O estudo pode ser conferido em sua íntegra no site oficial do  Overall Best Countries Ranking 2017.

Comentários