Notícias

Japão envia especialistas ao México para ajudar em resgates

Equipe japonesa de especialistas em resgate internacional (Foto: Arquivo/WSJ)

Japão mandou 70 membros da Agência Nacional de Polícia e da Agência Japonesa de Cooperação Internacional.

O governo do Japão enviou ao México uma equipe de especialistas em desastres naturais para colaborar nos trabalhos de busca e resgate das vítimas do terremoto ocorrido na última terça-feira, cuja potência derrubou várias construções e matou pelo menos 225 pessoas, informou nesta quinta-feira (21) a emissora pública ‘NHK’.

Formada por 70 membros da Agência Nacional de Polícia e da Agência Japonesa de Cooperação Internacional, a equipe partiu na tarde de quinta-feira, hora local, de um aeroporto fora de Tóquio.

Em comunicado, o embaixador do México, Carlos Almada, agradeceu a assistência do Japão, ressaltando que “os dois países têm uma longa história de ajuda mútua”.

O líder da equipe, Toshihide Kawasaki, disse que o tempo é determinante nesse tipo de operação. “Quando chegarmos ao México, 48 horas terão decorrido desde o terremoto”, afirmou ele à ‘NHK’, acrescentando que a equipe fará o melhor para encontrar o maior número possível de sobreviventes, bem como ajudar na remoção de destroços e recolhimento de corpos.

Ainda de acordo com Kawasaki, a equipe está programada para ficar no México por cerca de 10 dias.

A equipe está acostumada a enfrentar esse tipo de situação, já que o Japão sofre terremotos diariamente porque está localizado no chamado “Anel de Fogo do Pacífico”, uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo. Mediante isso, o país prima na formação de profissionais especializados em desastres naturais, além de possuir uma infraestrutura desenvolvida para resistir tremores que poderiam ser fatais em outras partes do mundo.

Comentários