Notícias

Mais de 92% dos motoristas no Japão não respeitam faixa de pedestre

Foto: Stockvault

A afirmação é da Federação Automobilística do Japão, que monitorou 94 faixas de segurança em todo o país.

Um estudo da Federação Automobilística do Japão (JAF, em inglês), que monitorou o comportamento de motoristas e pedestres em cidades de todas as províncias do país, surpreendeu ao apontar que mais de 92% dos condutores não respeitam a lei japonesa que dá prioridade ao pedestre em faixas de segurança.

No Japão, os pedestres têm a preferencial ao atravessar uma rua na faixa de segurança em locais sem semáforos. Porém, apesar de os japoneses serem famosos por respeitar às leis, o relatório da JAF mostrou que, do total de 10.026 veículos analisados em 94 faixas de segurança em todo o país, 92,4% deles ignoraram a faixa e a presença dos pedestres.

Realizado entre os meses de agosto e setembro, o estudo mostrou que apenas 757, ou 7,6% do total, pararam para os pedestres atravessar a rua. A porcentagem é quase três vezes menor que um estudo semelhante realizado no ano passado, mas que abrangeu um número bem menor de faixas de segurança.

O resultado foi classificado como “surpreendente e totalmente insatisfatório” pelo Ministério dos Transportes do país. O órgão avaliou que é preciso instaurar medidas extremas para conscientização dos motoristas, dado o fato de que o número de atropelamentos com vítimas fatais tem aumento significativamente.

O ministério pensa em aumentar a pena para esse tipo de infração, que atualmente é punida com multa de no máximo 50 mil ienes e/ou detenção de até 3 meses.

Com Agência Kyodo

Comentários