Notícias

Coalizão de Abe vence eleições no Japão

Shinzo Abe no centro (Foto: Arquivo/Kyodo)

Com mais da metade dos votos, Shinzo Abe irá governar o Japão pelo terceiro mandato consecutivo.

O Partido Liberal Democrata (PLD) do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, e o seu principal aliado, o Komeito, venceu as eleições realizadas neste domingo (22) no Japão, segundo as projeções da emissora pública ‘NHK’. Os resultados parciais da emissora mostra que a coalizão já conquistou 236 cadeiras das 465 que formam a Câmara Baixa do Parlamento, o que já garante a maioria absoluta ao premiê Abe.

Logo após a confirmação da maioria nos resultados parciais, Abe fez suas primeiras declarações e na qual pediu “humildade” ao seu partido para governar o país pelo terceiro mandato consecutivo.

“Temos que aceitar com humildade essa vitória”, disse Abe à emissora pública “NHK”, pedindo também que seu partido assuma as críticas que feitas pelos eleitores durante a campanha.

“Temos que esperar os resultados definitivos. Parecemos que teremos uma maioria, mas queremos garantir que temos um apoio estável para continuar avançando com nossas políticas, porque é isso que querem os eleitores”, indicou Abe.

Os resultados parciais da “NHK” coloca o PLD com 227 cadeiras na Câmara Baixa. Já o Komeito teria 26, o que representa mais da metade do total, faltando ainda apurar 25% dos votos.

As pesquisas de boca de urna mostram que a coalizão de Abe voltará a dominar dois terços do parlamento, o que pode permitir a aprovação de uma reforma constitucional defendida pelo premiê para ampliar as competências do Japão em matéria de defesa, destacou a agência de notícias ‘EFE’.

No início do mês, Abe convocou as eleições de forma antecipada com o pretexto de fortalecer seu governo para continuar implementando seu programa econômico e para lidar com a ameaça da Coreia do Norte.

Do Mundo-Nipo
Com Agência EFE

Notícias relacionadas

» Shinzo Abe segue como favorito em véspera de eleições no Japão
» Coreia do Norte diz que Japão corre risco de ver “nuvens nucleares”
»Japão inicia eleição geral com votação antecipada
» Governadora de Tóquio desafia a elite política do Japão
» Japão terá eleições antecipadas

Comentários