Notícias

Japão facilita concessão de visto para chineses de classe média

Visto japonês (Foto: Stockvault)

Chineses de classe média vão receber vistos de múltipla entrada no Japão com duração de três anos.

O governo do Japão está facilitando ainda mais a emissão de visto de múltipla entrada para os visitantes chineses. Desta vez, o país está lançando um plano especial para o grupo da crescente classe média chinesa, uma medida que visa atrair mais turistas estrangeiros e assim impulsionar a economia japonesa, informou neste domingo (23) o canal online da emissora estatal japonesa ‘NHK’.

Segundo o Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão, “chineses com recursos financeiros considerados suficientes” vão receber vistos de múltipla entrada com duração de três anos. Durante cada estadia, pessoas com o visto vão poder ficar no país até 30 dias.

O Ministério tem emitido vistos de múltipla entrada somente para chineses de alto poder aquisitivo, pessoas que o próprio órgão descreve como detentoras de uma renda substancialmente elevada.

Há ainda um plano de emitir vistos de múltipla entrada para chineses sem a renda mínima considerada de classe média, sendo esse fornecido sob a condição de que os solicitantes visitem Iwate, Miyagi ou Fukushima, províncias no nordeste japonês.

A medida tem como objetivo revitalizar o turismo nas três províncias que mais sofreram com o terremoto e tsunami de 2011. As províncias vizinhas de Aomori, Akita e Yamagata também vão ser contempladas pelo visto.

O Ministério japonês do Exterior tem afrouxado os requisitos para solicitantes com o intuito de atingir uma meta do governo, que planeja atrair 40 milhões de turistas estrangeiros por ano até 2020, quando Tóquio vai sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

As novas regras de solicitação de visto vão entrar em vigor a partir de 8 de maio.

Fonte: NHK News Japan.

Comentários