Notícias

Gastos de turistas no Japão atingem nível recorde em março

Multidão de turistas apreciando as cerejeiras próximas ao Palácio Imperial em Tóquio | Foto: Japan Guide

Março é o mês que começa a florada das cerejeiras, o que atrai turistas do mundo todo ao Japão.

Atualizado em 25/04/2018


O mês de março é geralmente proveitoso para o comércio varejista no Japão, isso porque o terceiro mês do ano é o período em que começa a esperada florada das cerejeiras, o que atrai um grande número de turistas estrangeiros. Neste ano, porém, os gastos de visitantes do exterior em lojas de departamento por todo o Japão chegaram a um volume sem precedentes no mês de março.

A Associação de Lojas de Departamentos do Japão informou que compras de produtos duty-free ultrapassaram a cifra de 269 milhões de dólares no mês passado. Artigos especialmente populares foram cosméticos e bolsas de grife.

Representantes da associação afirmam que um número bem maior do que o esperado de clientes estrangeiros visitou as lojas durante a floração das cerejeiras em março.

Eles dizem que tentarão incentivar o consumo dos visitantes ao país na esteira dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020 em Tóquio, a fim de reverter a tendência geral de retração no consumo interno.

Gastos de turistas estrangeiros no Brasil
Os visitantes internacionais injetaram na economia brasileira US$ 1,9 bilhão no primeiro trimestre de 2018. Se comparado ao resultado do ano passado, quando a receita cambial do turismo alcançou a marca de US$ 1,84 bilhão, houve um crescimento de 4,7% no acumulado de janeiro a março, período de pico para o turismo brasileiro em vista do verão e Carnaval.

Os dados do Banco Central divulgados nesta quarta-feira (25) mostram que o brasileiro também gastou menos lá fora em março, embora em menor proporção. A despesa cambial do turismo caiu de US$ 1,53 bilhão para US$ 1,52 bilhão. No acumulado do trimestre, no entanto, o crescimento foi de 10,2% na comparação com o ano passado.

As informações sobre a receita e despesa cambial turística consideram o uso de cartões de crédito e trocas oficiais de moeda.

Do Mundo-Nipo
Fonte: NHK News | Ministério do Turismo do Brasil.

Comentários