Notícias

Japão exporta yuzu para a Europa pela primeira vez

Graças aos esforços de um chef francês e de autoridades da prefeitura de Kochi, a primeira exportação do Japão de yuzu chegou à França.

Do Mundo-Nipo

Yuzu, um limão japonês muito usado para realçar o sabor dos pratos de inverno no Japão, poderá em breve tornar-se indispensável como fruta de época na Europa.

 

O Yuzu, conhecido por seu forte aroma e sabor ácido, gradualmente ganhou reconhecimento entre os franceses (Foto: Divulgação da prefeiturade Kochi)

 

Graças aos esforços de um chef francês e de autoridades da prefeitura de Kochi, a primeira exportação do Japão de yuzu chegou à França.

Jerome Banctel, Chef do Senderens, um conceituado restaurante em Paris, disse que os franceses vão “adorar” o aroma da fruta.

“O yuzu exala um aroma forte, mesmo quando você apenas o segura em sua mão”, disse o chef Banctel, de 40 anos, em entrevista ao jornal japonês Asahi Shimbun.

O chef francês, que tem usado o yuzu em alguns de seus pratos, conheceu a fruta cítrica pela primeira vez há seis anos, em uma viagem ao Japão.

A fruta, conhecida por seu forte aroma e sabor ácido, gradualmente ganhou reconhecimento entre os franceses, que a incorporou em perfumes e também em chocolates.

Banctel conseguiu importar as frutas frescas que chegaram com os produtores e autoridades da região de Kochi, que é responsável por metade do mercado japonês de yuzu, produzindo mais de 10 mil toneladas por ano.

O chef e autoridades de Kochi trabalharam em conjunto para divulgar a fruta no restaurante de Banctel, que serviu de palco para o evento “yuzu-degustação”, realizado em junho do ano passado.

Entretanto, as autoridades do Japão ainda tinha que passar pelos procedimentos legais de exportação e, devido às regras rigorosas do país sobre frutas perecível e propagação de pragas, a entrada do yuzu no mercado francês só foi definida em fevereiro.

Segundo a Companhia Top Trading, que estava envolvido na exportação do yuzu, o primeiro embarque para a França começou em novembro, e um total de 10 toneladas da fruta deve ser enviada para a França ainda este ano.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários