Notícias

Japão testa novos carros equipados para motoristas idosos

Foto: Stockvault

O objetivo é reduzir o grande número de acidentes envolvendo motoristas da terceira idade.

Com o objetivo de reduzir o crescente número de acidentes de trânsito envolvendo idosos no volante, o governo japonês propôs às grandes montadoras do país a desenvolverem mais veículos com frenagem automática e outras funções de segurança para ajudar os motoristas da terceira idade, segundo informou a emissora estatal japonesa ‘NHK’.

Na última quinta-feira (23), autoridades de órgãos reguladores estatais testaram novos modelos de carros em um evento aberto somente para a mídia.

Os veículos apresentados aos órgãos do governo possuem novas tecnologias de segurança, além de sistemas avançados de frenagem automática e controle de aceleração. Os carros foram desenvolvidos pelas oito grandes montadoras japonesas: Toyota, Nissan, Honda, Mitsubishi, Mazda, Suzuki, Daihatsu e Fuji Heavy..

Segundo a ‘NHK’, menos da metade dos novos veículos vendidos no Japão em 2015 estavam equipados com sistema de frenagem automática, enquanto apenas um terço possuía sistemas que controlam aceleração involuntária, sistemas que passaram a ser exigidos pelo governo como itens de séries para todos os novos modelos fabricados no país.

Os números em 2015 ficaram bem abaixo do ideal pretendido pelo Japão, país onde as pessoas vivem mais e detentor da maior população de idosos do mundo. Segundo o último censo divulgado pelo Ministério dos Assuntos Internos e Comunicações, Japão tem mais de um quarto da população formada por pessoas com idade a partir dos 65 anos, ou seja, 26,6% de um total de 127,09 milhões de habitantes, incluindo residentes estrangeiros.

Mediante isso, quase 65% dos japoneses dirigem até os 75 anos, enquanto mais da metade dos octogenários no país continua em plena atividade na condução de veículos, de acordo com dados recentes do governo e noticiados pela ‘NHK’.

Comentários