Notícias

Dezenas de aeronaves da China sobrevoam estreito ao sul do Japão

Caças chineses (Foto: Arquivo/GIX5537-163@com)

O governo Chinês informou que as manobras fazem parte de um exercício militar programado.

Mais de quatro dezenas de aeronaves da força aérea da China voaram sobre um estreito no sul do Japão nesta segunda-feira (26). Segundo a emissora estatal japonesa ‘NHK’, as manobras são parte de um exercício militar de longo alcance programado por Pequim, em uma área próxima à zona contígua japonesa.

Um porta-voz das Forças Aéreas da China informou que 30 caças Sukhoi, bombardeiros H6K, aviões de abastecimento, além de outras aeronaves, realizaram manobras entre a ilha principal de Okinawa e a Ilha Miyako, durante os treinamentos conduzidos na região oeste do Oceano Pacífico.

Segundo o oficial, a operação incluiu treinamentos de reconhecimento, patrulha e reabastecimento, para checar a capacidade prática da frota chinesa em alto-mar.

No domingo (25), a força aérea chinesa também enviou caças para sobrevoar a Zona de Identificação de Defesa Aérea no Mar da China Oriental, sem violar o espaço aéreo do Japão, concluiu o porta-voz chinês, sugerindo que a China repetirá os treinamentos no futuro, conforme noticiou a ‘NHK’.

A China unilateralmente criou a zona em novembro de 2013. Ela cobre uma vasta área do Mar da China Oriental, o que provocou protestos do governo de Tóquio.

Comentários