Notícias

Quase metade dos japoneses é contra juros negativos, diz pesquisa

Bandeira japonesa na sede do Banco do Japão (Foto: Getty)

Idosos representam a maioria entre os que desaprovam a política de juros negativos do BC japonês.

Uma pesquisa do jornal Nikkei e da TV Tokyo mostrou que quase metade dos inquiridos é contra a política de juros negativos do Banco do Japão (BoJ, o banco central japonês).

Baseada em 1.022 respostas, a sondagem, publicada nesta segunda-feira (26), revelou que 49% dos pesquisados manifestaram-se contra as taxas baixas no país. Desse total, pessoas entre os mais jovens, na faixa dos 20 ou 30 anos, apoiavam mais a política do que se opunham a ela, enquanto a desaprovação era mais latente para as gerações mais velhas.

O jornal Nikkei diz que os mais jovens sentem o benefício da política por causa das taxas mais baixas de juros dos financiamentos imobiliários (hipotecas), enquanto os mais velhos mostram-se preocupados com o impacto da política em suas pensões.

O apoio público à política econômica do primeiro-ministro Shinzo Abe ficou em 38%, 2 pontos porcentuais abaixo da sondagem anterior, do fim de agosto.

Da Agência ‘Estadão Conteúdo’.

Comentários