Notícias

Desemprego no Brasil cresce e atinge 13,7 milhões de pessoas

Foto: Reprodução / Arquivo CCTV

Trata-se da 3ª alta trimestral seguida e do maior nível de pessoas desempregadas desde maio do ano passado.

A taxa de desemprego no Brasil subiu para 13,1% no trimestre encerrado em março de 2018, maior nível desde maio de 2017. Isso significa que 13,7 milhões de pessoas estão desempregadas no país.

Divulgados nesta sexta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da pesquisa Pnad Contínua, os dados mostram que o índice ficou maior do que o registrado no trimestre móvel encerrado em fevereiro, de 12,6%, na terceira alta consecutiva após nove trimestres de queda.

O índice, porém, ainda ficou abaixo do registrado em igual trimestre móvel do ano passado, de 13,7%.

Contudo, o resultado veio acima do esperado pelo mercado. A mediana das previsões em pesquisa da Agência Reuters era de que a taxa ficaria em 12,9% no período.

Os dados do IBGE mostram que na comparação com o trimestre encerrado em dezembro, o número de desempregados no país aumentou em 1,379 milhão de pessoas, o que representa uma alta de 11,2%. Já no confronto com igual trimestre do ano anterior, quando havia 14,2 milhões de desocupados, houve queda de 3,4%. (menos 487 mil pessoas desocupadas).

Já a população ocupada no país ficou em 90,6 milhões, queda de 1,7% em relação ao trimestre encerrado em dezembro, quando era de 92,1 milhões. Segundo o IBGE, o contingente de ocupados é o menor desde julho, quando também ficou em 90,6 milhões.

Na comparação anual (trimestre contra o mesmo trimestre do ano anterior), a queda de 3,4% foi “a primeira estatisticamente significativa da população ocupada” desde o trimestre terminado em junho de 2014, destacou o coordenador da pesquisa, Cimar Azeredo.

Fontes: Reuters | Jornal Nacional/Rede Globo.

Comentários