Notícias

Exportações do Japão apresentam maior alta em quase 2 anos

Foto: Aflo Images

Os embarques foram impulsionados pelo aumento nas vendas externas de semicondutores, navios e autopeças.

O Japão viu suas exportações em novembro crescerem no ritmo mais forte em quase dois anos, um movimento impulsionado por uma grande demanda na China, de acordo com dados divulgados este mês pelo governo do país, sinalizando que a terceira maior economia do mundo mantém-se em ritmo constante de crescimento.

Segundo o Ministério de Finanças japonês, as exportações saltaram 7,4% em novembro na comparação com o mesmo mês do ano passado, maior crescimento desde janeiro de 2015.

O resultado é devido, principalmente, ao aumento nas vendas externas de semicondutores, navios e autopeças, destaca o ministério em seu relatório.

Apenas para a China, as vendas japonesas cresceram 4,4% na mesma comparação, para 1,1 trilhão de ienes (US$ 9,3 bilhões), registrando o primeiro avanço em valor desde fevereiro.

As importações totais do Japão, por outro lado, tiveram queda anual de 8,8% em novembro, marcando o 23º mês consecutivo de contração.

Com isso, a balança comercial do Japão, ou a margem pela qual as exportações superam as importações, registrou superávit de 152,5 bilhões de ienes, bem menor que o saldo positivo de 227,4 bilhões de ienes previsto por analistas consultados pelo jornal financeiro Nikkei.

Fontes: Jornal Nikkei | Estadão Conteúdo.

Comentários