Notícias

Desemprego no Japão cai ao menor nível em mais de 24 anos

Foto: Lim Sin Thai

O número oferta de trabalho no Japão em novembro atingiu seu nível mais alto em quase 44 anos.

Atualizado em 28/12/2017


A taxa de desemprego no Japão atingiu o seu nível mais baixo em mais de 24 anos, caindo um décimo de ponto percentual, para 2,7% em novembro a um ajuste sazonal, enquanto a disponibilidade de emprego no país se manteve em seu nível mais alto em quase 44 anos, de acordo com dados divulgados ontem (26) pelo governo do país, indicando que a terceira maior economia do mundo está no caminho da recuperação, que acontece de modo lento.

De acordo com o relatório do Ministério dos Assuntos Internos e Comunicações, o número de pessoas sem emprego em novembro situou-se em 1,78 milhão, decréscimo de 9,6% ou de 190 mil desempregados em relação ao mesmo mês do ano passado. Trata-se do nível mais baixo desde novembro de 1993.

Por sua vez, o número de pessoas empregadas no 11º mês de 2017 subiu para 65,52 milhões. A leitura significa que o mercado de trabalho no Japão viu um acréscimo de 750 mil trabalhadores ou alta de 1,2%, ante novembro de 2016.

Saiba mais
» Inflação ao consumidor do Japão tem 11ª alta seguida
» Exportações do Japão seguem fortes e saltam mais de 16% em novembro
» Índice de emprego no Japão é o mais alto desde janeiro de 1974

Dados separados do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social mostraram que a oferta de trabalho em relação à procura subiu um décimo de ponto percentual ante o mês anterior, situando-se em 1,56 em novembro, ou seja, havia no país 156 empregos disponíveis para cada 100 pessoas em busca de trabalho no mês passado. O número representa o nível mais alto já registrado no país desde o início de 1974.

Do Mundo-Nipo
Fonte: Agência Kyodo

Comentários