Notícias

Inflação no Japão sobe pelo 7º mês seguido

Foto: AJW Images

A constância do crescimento é um sinal de que a economia japonesa está em progresso estável.

O principal indicador da inflação ao consumidor no Japão, ou seja, o núcleo do Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês), subiu 0,5% em julho na comparação com o ano passado, marcando o sétimo mês consecutivo de alta e sinalizando que a economia japonesa está em progresso lento, mas estável, em direção à meta de inflação de 2% do pretendida pelo Banco do Japão (BoJ, o banco central japonês).

De acordo com os números divulgados pelo Ministério dos Assuntos Internos e Comunicações do país, o aumento também foi impulsionado em grande parte pelas contas de combustível maiores, uma vez que o crescimento salarial moderado desencorajou os consumidores a aumentarem seus gastos, ressaltando o desafio que o Banco do Japão enfrenta para alcançar seu ambicioso objetivo de preço.

O aumento do núcleo nacional do índice de preços ao consumidor, que inclui produtos de petróleo, mas exclui os preços voláteis de alimentos frescos, correspondeu a uma previsão mediana do mercado e seguiu um ganho de 0,4% em junho.

A economia do Japão cresceu no ritmo mais rápido em mais de dois anos no segundo trimestre, à medida que os gastos dos consumidores e das empresas se recuperaram.

*A tabela com os dados completos pode ser conferida no site do Ministério dos Assuntos Internos e Comunicações.

Comentários