Notícias

Dólar cai mais de 2% e fecha a R$ 3,86 em dia de baixa liquidez

©Stockvault

Trata-se da quarta queda seguida do dólar, que acumula baixa de 0,68% em dezembro.

Após abrir as negociações em alta nesta segunda-feira (28), o inverteu o movimento ainda pela manhã e fechou em queda ante o real superior de 2%, em uma sessão marcada pelo baixo volume negociado devido à proximidade do feriado de Ano-Novo, o que deixou o mercado mais sensível a operações pontuais.

A moeda norte-americana caiu 2,1%, cotada a R$ 3,86 na venda. Essa foi a quarta queda consecutiva do dólar e o menor valor de fechamento desde 10 de dezembro, quando encerrou a R$ 3,801.

Na última sessão, no dia 24, o dólar havia caído 0,24%, cotado a R$ 3,943. No mês, a moeda acumula baixa de 0,68%. No ano, porém, já subiu 45,18%.

Em um dia de agenda fraca, investidores continuavam de olho no cenário político e econômico, apesar das poucas notícias por causa do recesso do Congresso. Nesta tarde, o Tesouro Nacional divulgou que o governo central (Tesouro, Banco Central e Previdência Social) teve rombo de R$ 21,279 bilhões em novembro, o pior desempenho mensal desde o início da série histórica, em 1997.

A atenção dos investidores também recaía sobre a reunião da presidente Dilma Rousseff com a equipe econômica para discutir a situação do país, de acordo com a agência Reuters.

O encontro vem após Nelson Barbosa assumir o Ministério da Fazenda no lugar de Joaquim Levy, desagradando investidores e desencadeando nova alta do dólar.

“No retorno do feriado de Natal, o foco dos mercados financeiros recai sobre o cenário fiscal do país”, resumiu à Reuters o operador da corretora Correparti Ricardo Gomes da Silva Filho.

De acordo com a agência ‘Valor Online’, a entrada de recursos acabou predominando nos últimos pregões do ano, já que boa parte das empresas já tinham antecipado o envio de remessas para o exterior.

“Além de reduzirem a remessa de lucros e dividendos, muitas multinacionais estão enviado recursos para suas filiais para cobrir o rombo nos balanços”, disse o operador de um banco estrangeiro à agência ‘Valor Online’.

Analistas ainda aguardam algum fluxo relacionado ao leilão das usinas hidrelétricas, que contou com a participação de empresas estrangeiras.

Lá fora, o dólar operava em alta frente às demais moedas emergentes. A moeda americana avançava 0,17% frente ao dólar australiano, 0,19% diante do rand sul-africano e 0,24% em relação ao peso mexicano, de acordo com o ‘Valor Online’.

Atuações do Banco Central no câmbio
O Banco Central do Brasil deu sequência nesta sessão à rolagem dos contratos de swap cambial (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem em janeiro, com oferta de até 11.260 contratos. No mês, até esta segunda, o BC já rolou o equivalente a US$ 9,845 bilhões, ou cerca de 92% do lote total, que corresponde a US$ 10,694 bilhões.

Fontes: Agência Reuters | Agência Valor Online.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários