Notícias

Homem armado invade escritório no Japão, mata um e deixa 3 feridos

Foto: Reprodução/ANN News

A polícia está à procura do atirador, que fugiu armado após o ataque ocorrido esta manhã em Wakayama.

Um homem armado invadiu um escritório de uma construtora civil na cidade de Wakayama, oeste do Japão, e matou um funcionário e feriu outros três antes de fugir na manhã desta segunda-feira (29), informou a imprensa japonesa.

De acordo com o jornal  Yomiuri Shimbun, o ataque aconteceu dentro de um escritório da empresa durante uma reunião. As quatro vítimas foram levadas ao hospital, onde Junsuke Ishiyama, de 45 anos, faleceu em consequência de um tiro que levou no estômago.

A polícia informou que o homem fugiu armado. Segundo o jornal japonês, suspeita-se que o atirador é filho do proprietário de uma empresa de construção e que ele continuava armado durante a fuga.

As autoridades pediram aos moradores que permaneçam em suas casas durante a operação policial.

Os residentes estão em choque e expressaram inquietação em vista que tiroteios são raros no Japão, onde existem estritas leis de controle de armas de fogo. Em 2015 foram registrados apenas oito incidentes com armas de fogo em todo o país, segundo a Agência Nacional de Polícia, com um morto e três feridos.

As poucas armas de fogo em circulação no país geralmente estão vinculadas ao crime organizado. E suspeita-se a yakuza, máfia japonesa, esteja envolvida no ataque da construtora em Wakayama, segundo a ANN News.

Esse ataque ocorre um mês após um homem invadir uma clínica de deficientes na cidade de Sagamihara, no leste do Japão, no dia 25 de julho, e matou 19 pacientes a facadas, deixando ainda dezenas de feridos, um crime que chocou o mundo e acorre em um país no qual a violência é incomum.

 

Comentários