Notícias

Produção de veículos no Japão cresce 9,2% em agosto

©Stockvault

o crescimento vem após o setor amargar fraqueza em consequência da série de terremotos no sul do país em abril.

A produção doméstica de veículos no Japão, combinada com as oito grandes montadoras do país, deu um salto de 9,2% em agosto ante o mesmo mês do ano passado, totalizando 621,349 unidades, de acordo com dados divulgados pelas empresas na quarta-feira (28).

Segundo a agência de notícias Kyodo, o crescimento vem após o setor amargar fraqueza em consequência da série de terremotos no sul do país em abril deste ano, o que obrigou as montadoras do país a paralisar suas fabricas devido à interrupção do fornecimento de peças.

A produção nacional das três principais montadoras do Japão (Toyota, Nissan e Honda) apresentou alta no oitavo mês do ano, enquanto a Mitsubishi viu sua produção sofrer mais um mês de queda, em consequência das vendas fracas desde a divulgação de que a montadora manipulava dados sobre economia de combustível.

Por montadoras, a Toyota informou que sua produção cresceu 12,1% em relação à agosto de 2016, para 240.355 veículos produzidos no mercado doméstico.  Já a Nissan, segunda maior montadora do país em volume de vendas, reportou crescimento de 19,5%, para 62.621 veículos, enquanto a Honda viu sua produção aumentar 13,8%, para 52.215 unidades produzidas no mês passado.

Os números mostram que, sozinha, a Toyota produziu mais que o dobro da produção conjunta da Nissan e da Honda.

Enquanto isso, a Mitsubishi informou que sua produção doméstica caiu 16,3%, para 31.470 veículos, marcando o quinto mês consecutivo de retração.

Em relação às vendas em agosto, a Toyota registrou um aumento de 15,6%, totalizando 113.922 veículos comercializados no mercado interno.

Já as vendas domésticas da Nissan, que planeja colocar a Mitsubishi sob sua asa, tendo uma participação de 34%, caíram 7,7%, para 33.868 unidades, enquanto as vendas da Honda declinaram 9,1%, para 42.814 veículos.

A Mitsubishi informou que suas vendas despencaram 19,9%, totalizando apenas 5.000 unidades comercializadas em agosto.

Em relação às exportações das oito montadoras, que incluem Mazda, Suzuki, Daihatsu e Fuji Heavy, além da Toyota, Nissan, Honda e Mitsubishi, houve um crescimento de 3,2%, para 307.483 veículos exportados no mês passado.

No mesmo período e base de comparação, a produção total das oito montadoras no exterior subiu 10,6%, para 1.567.363 unidades.

Com Agência Kyodo

Comentários