Notícias

Venda de carros no Japão deverá ter queda de 10% após aumento de imposto

As vendas em 2014 sofrerá uma queda de mais de 500 mil unidades em relação ao ano anterior.

Do Mundo-Nipo

A Associação dos Fabricantes de Automóveis do Japão divulgou um relatório, nesta quinta-feira (30), no qual informa que estima uma queda aproximada de 10% nas vendas de carros novos no mercado doméstico após abril. A Associação destacou que a forte queda será impulsionada pelo aumento da taxa de imposto sobre o consumo, programado para 1 º de abril, início do ano fiscal japonês.

 

Vendas de carro no Japão (Foto: Aflo Images)

A associação destacou ainda que é estimada uma queda mais acentuada nas vendas de mini veículos (Foto: Aflo Images)

 

Segundo a associação, é quase certo que as vendas para o ano 2014 cheguem a 4,85 milhões de unidades. Isto representa uma queda de mais de 500 mil unidades em relação ao ano passado.

A associação afirmou ainda que é estimada uma queda mais acentuada nas vendas de mini veículos, um recuo de 12,4%.

Por outro lado, as vendas deverão aumentar significativamente até o final de março, já que a procura será maior porque os consumidores irão aproveitar para comprar antes que a taxa do imposto sobre o consumo aumente dos atuais 5% para 8% em 1º de abril.

Além do aumento de impostos, haverá uma queda natural, a partir de 2013, quando muitos fabricantes lançam seus novos modelos e as vendas de mini veículos atingem seu ápice, de acordo com a associação.

As informações são da emissora NHK e da Agência Kyodo.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*