Notícias

Bolsa de Tóquio cai ao menor nível em quase dois meses

Foto: Arquivo/Kyodo/Reuters

O índice Nikkei encerrou a semana com perdas acumuladas em 1,83%.

A Bolsa de Valores de Tóquio recuou nesta sexta-feira (31), a segunda queda seguida, e fechou no menor nível em sete semanas, uma vez que incertezas sobre medidas econômicas dos EUA e a política no Japão favoreceram um movimento de realização de lucros antes do fim de semana.

O índice Nikkei caiu 0,81% e encerrou o último pregão da semana aos 18.909,26 pontos, patamar mais baixo desde 9 de fevereiro. Ao longo da semana, o índice que reúne as ações mais negociadas na capital japonesa acumulou perdas de 1,83%.

O mercado japonês abriu em tom positivo, mas acabou revertendo os ganhos ao longo do pregão à medida que investidores optaram por embolsar lucros sobre ações que subiram muito recentemente.

Segundo Takashi Hiratsuka, líder de negócios com ativos do Resona Bank, há preocupações sobre eventuais desdobramentos negativos de iniciativas econômicas dos EUA e também sobre o ambiente político no Japão.

Empresas que vinham se valorizando com força foram destaque negativo hoje em Tóquio. Foi o caso da fabricante de semicondutores Renesas Electronics (-4,6%) e da Unicharm (-2,4%), que produz fraldas.

Já no setor de alimentos, a Morinaga & Co. e a Morinaga Milk Industry Co. sofreram tombos de 6,8% e de 15%, respectivamente, após suspenderem negociações sobre uma possível fusão.

Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários