Política

Japão participará de produção internacional do F-35

A decisão é uma exceção as normas do país envolvendo armas.

Do Mundo-Nipo

O governo japonês informou nesta sexta-feira que vai permitir a participação de empresas nacionais na produção internacional de aviões caças F-35, liderada pelos Estados Unidos, para melhorar  o conhecimento tecnológico do país na produção de equipamentos de defesa.

 

F35, Protótipo AA1 3 (Foto: CIA)

F35, Protótipo AA1 3 (Foto: CIA)

 

Segundo informações da rede NHK, o chefe de Gabinete Yoshide Suga disse nesta sexta-feira que unindo-se a uma rede internacional que permite a troca de peças necessárias, o Japão será capaz de manter o F-35 a um custo adequado.

O F-35 é desenvolvido em conjunto por nove países e agora a Força Aérea de Auto Defesa japonesa pretende lançar o jato em sua frota.

O  Japão tem uma proibição à exportação de armas de longa data, mas o governo decidiu que a transferência de partes do avião feitas por empresas japonesas será controlada pelo governo norte-americano. Esta proibição, no entanto, havia sido flexibilizada em 2011 para permitir que o país participasse  do desenvolvimento e produção de equipamentos de defesa.

O comunicado de Suga deixa claro que o país pretende manter sua política básica de pacifismo.

 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*