Política

Japão busca compreensão internacional sobre direito de legítima defesa coletiva

O ministro da Defesa do Japão, Itsunori Onodera, buscou neste sábado a compreensão da comunidade internacional.

Do Mundo-Nipo

Itsunori Onodera, Ministro da Defesa do Japão (Foto: AFLO)

Itsunori Onodera, Ministro da Defesa do Japão (Foto: AFLO)

O ministro da Defesa do Japão, Itsunori Onodera, buscou neste sábado a compreensão da comunidade internacional em um debate sobre o direito de legítima defesa coletiva japonesa, dizendo que tal medida iria ajudar o país a fazer “uma contribuição mais pró-ativa e criativa para estabilidade regional”.

“Alguns dizem que o Japão está se inclinando para a ‘direita’ por causa dessas iniciativas”, disse Onodera em um discurso na Cúpula de Segurança da Ásia, em Cingapura, referindo-se a um aumento do orçamento de defesa, revisão das diretrizes nacionais de defesa e debate sobre o direito a legítima defesa coletiva.

“No entanto, essas visões são um equívoco total”, afirmou Onodera. “O objetivo das iniciativas anteriormente referidas é permitir que o Japão faça uma contribuição mais pró-ativa e criativa para a estabilidade regional”.

O primeiro ministro do Japão, Shinzo Abe, já manifestou sua intenção de reescrever a Constituição Pacifista atual mudando o artigo 96, que fixa as regras para qualquer emendas constitucionais.

Abe pretende melhorar as defesas do país através da modificação do art. 9 que estipula que “o povo japonês renuncia para sempre à guerra como direito soberano da nação, assim como à ameaça ou ao uso da força como meio para resolver os conflitos internacionais”.

As informações são da agência Kyodo.

 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*