Política

Coreia do Norte diz que lançar projéteis é parte de seus “direitos soberanos”

O regime norte-coreano defendeu os recentes lançamentos de projéteis no Mar do Japão.

Do Mundo-Nipo com Agências

O regime norte-coreano defendeu neste domingo (6) os recentes lançamentos de projéteis realizados de sua costa sudeste no Mar do Japão, alegando que os exercícios fazem parte de seus “direitos soberanos e autônomos”, de acordo com o texto de um editorial do Rodong, jornal do Partido dos Trabalhadores.

No texto, o regime de Kim Jong-un acusa os Estados Unidos de serem o principal “instigador” da tensão na região e afirma que “os lançamentos constituíram um evento ordinário que aconteceu em nossas águas territoriais, sendo um exercício dos direitos soberanos e autônomos da nação”.

Desde o dia 26 de junho Pyongyang vem realizando testes com vários projéteis de curto alcance em direção a costa leste do Mar do Japão. Os lançamentos, três em apenas uma semana, aconteceram após meses de relativa calma na península coreana.

Em um dos lançamentos, no dia 30 de junho, a mídia do país mostrou uma imagem de Kim Jong-un contemplando pessoalmente o lançamento de um novo míssil tático teleguiado.

Acredita-se que o resto dos projéteis lançados foram foguetes KN-09 de 300 milímetros com 190 quilômetros de alcance e dois mísseis de curto alcance que usavam tecnologia Scud e tinham uma categoria de 500 quilômetros.

(Com informações das agências EFE e Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários