Política

Shinzo Abe reitera intenção de revisar Constituição do Japão

O primeiro-ministro Shinzo Abe reiterou nesta terça-feira sua intenção de rever o artigo 96 da Constituição do Japão.

Do Mundo-Nipo

Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão (Foto: Aflo Images)

Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão (Foto: Aflo Images)

O primeiro-ministro Shinzo Abe  reiterou nesta terça-feira sua intenção de rever o artigo 96 da Constituição do Japão, que fixa as regras para qualquer emendas constitucionais.

Falando na Dieta nesta terça-feira, Abe disse que é estranho que a Constituição não possa ser revista, ainda que mais de metade do público seja a favor, porque um pouco mais de um terço dos parlamentares é contra.

Abe disse que o artigo 96 deve ser revisto, de modo que as alterações possam ser feitas com mais da metade do apoio de ambas as Câmaras Baixa e Alta do Parlamento.

Segundo informações da rede NHK, Abe salientou que iria colocar a Constituição de volta nas mãos do público e animou o debate sobre as alterações possíveis.

A Constituição do pós-guerra foi imposta pelos Estados Unidos em 1946.

O primeiro-ministro japonês já havia antes manifestado desejo de alterar o artigo 96 para depois  reformar o texto que consagra o pacifismo do país (art. 9).

O art. 9 da Constituição do Japão estipula que: “Aspirando sinceramente a uma paz internacional baseada na justiça e na ordem, o povo japonês renuncia para sempre à guerra como direito soberano da nação, assim como à ameaça ou ao uso da força como meio para resolver os conflitos internacionais”.

“Para alcançar o objetivo destacado no parágrafo anterior, nunca serão mantidas forças terrestres, navais ou aéreas, ou outros potenciais bélicos. O direito de beligerância de Estado não será reconhecido”

O artigo 9 tem surgido muitas vezes na pauta política japonesa com as constantes disputas territoriais do Japão com a China e Coreia do Sul.

 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*