Política

Japão quer progredir em questão de rapto de japoneses pela Coreia do Norte

O chanceler japonês acredita que pode progredir com “discussões tenazes”.

Do Mundo-Nipo com agências internacionais

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Koichiro Gemba, disse neste sábado que espera melhorar as relações com a Coreia do Norte e fazer progressos sobre a questão de raptos de japoneses através de “discussões tenazes”.

Na sexta-feira os dois países concordaram em conversar sobre uma “vasta gama de questões” na capital da Mongólia, Ulan Bator, nos dias 15 e 16 de novembro, dando a entender que a questão dos raptos de japoneses por Pyongyang poderá ser discutida.

“Estamos em uma circunstância imprevisível, mas é muito importante fazer discussões tenazes (com a Coreia do Norte). Vamos tentar progredir de alguma forma”, disse Gemba em uma coletiva para imprensa em Tóquio, segundo informou a agência Kyodo.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários