Curiosidades Política

Político japonês “chorão” renuncia ao cargo e vai devolver o dinheiro desviado

Nonomura retornará todos os recursos públicos utilizados durante suas atividades políticas nos últimos três anos.

Do Mundo-Nipo

O parlamentar corrupto de uma assembleia regional no oeste do Japão, cujo choro histérico durante uma conferência de imprensa foi amplamente divulgado na Internet, demitiu-se de seu cargo nesta sexta-feira (11), dado o fato de não ter conseguido explicar o uso perdulário de recursos públicos, conforme informou a Assembleia da Prefeitura de Hyogo em nota oficial.

 

Ryutaro Nonomura (Imagem: Reprodução/TV Asahi/Edição MN)

Nonomura também retornará todos os recursos públicos utilizados durante suas atividades políticas nos últimos três anos (Imagem: Reprodução/TV Asahi/Edição MN)

 

“Os partidos políticos apresentaram uma queixa contra Ryutaro Nonomura, de 47 anos, por suspeita de elaboração de relatórios falsos sobre o uso de recursos público”, afirmou o presidente da Assembleia, que prontamente aceitou sua demissão.

No início de julho, Nonomura procurou se defender durante uma coletiva de imprensa. Em meio a choros, gritos e socos na mesa, o político tentou explicar o uso de cerca de 3 milhões de ienes (R$ 65 mil) de verba pública em quase duzentas viagens à estâncias termais.

De acordo com o relatório, Nonomura realizou 195 viagens à estancias termais em Tóquio e nas províncias de Hyogo e Fukuoka no ano fiscal de 2013. O parlamentar, no entanto, alegou que tais viagens foram destinadas á negócios políticos, mas acabou se contradizendo por não conseguir explicar quais negócios se tratavam, bem como o motivo da emissão de recibos falsos.

Geralmente, pedidos de desculpas entre os japoneses são extremamente solenes e contidas, mas os de Nonomura acabaram num inesperado espetáculo de choro histérico diante de um público dividido entre o choque e a vontade de rir.

O vídeo com as imagens foi divulgado e percorreu o mundo, o que provocou reações negativas da classe política nacional. O parlamentar então recebeu cerca de 4 mil reclamações de eleitores que exigiam a devolução do dinheiro aos cofres públicos.

Em comunicado, a Assembleia de Hyogo informou que Nonomura retornará todos os recursos públicos utilizados durante suas atividades políticas nos últimos três anos, um valor equivalente a US$ 180 mil.

(Com informações da NHK News.jp e Agência Kyodo)

 

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe uma resposta