Política

Seul confirma que satélite norte-coreano está em órbita

A Coreia do Norte ressaltou o risco que representa o lançamento do foguete de longo alcance do país vizinho.

Da agência EFE

Seul, 13 dez (EFE).- O Ministério da Defesa sul-coreano reconheceu nesta quinta-feira que o satélite enviado ao espaço pela Coreia do Norte se encontra corretamente em órbita, mas ressaltou o risco que representa o lançamento do foguete de longo alcance do país vizinho.

O Ministério da Defesa da Coreia do Sul citou os dados divulgados pelo Comando Norte-Americano de Defesa Aeroespacial (Norad, na sigla em inglês) ao confirmar que o dispositivo norte-coreano orbita a Terra a uma altura entre 500 e 588 quilômetros e a uma velocidade de 7,6 quilômetros por segundo.

No entanto, o porta-voz da Defesa sul-coreana, Kim Min-seok, afirmou, em declarações publicadas pela agência “Yonhap”, que é cedo para pronunciar-se sobre o correto funcionamento do satélite da Coreia do Norte, já que isso “normalmente leva duas semanas”.

Kim destacou que o foguete de lançamento possui uma categoria estimada de 10 mil quilômetros, pelo que advertiu do risco de o projétil ser equipado no futuro com uma ogiva nuclear e poder ser uma perigosa arma de destruição em massa de alcance intercontinental.

Embora a Coreia do Norte defenda que seu lançamento tem fins exclusivamente pacíficos, tanto a Coreia do Sul como grande parte da comunidade internacional consideram que a ação do regime de Kim Jong-un encobre um teste de mísseis balísticos que violaria duas resoluções da ONU.

Nesta quarta-feira, o Conselho de Segurança da ONU celebrou uma reunião de emergência sobre o lançamento norte-coreano na qual condenou a ação e se mostrou disposto a tomar medidas caso isso se repita. EFE

 

Agência EFE – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem a autorização prévia por escrito da Agência EFE S/A.

Comentários